sexta-feira, 1 de abril de 2011

Era uma vez 16 - Um cantinho, um violão, esse amor, uma canção... (Diário da Mirys)


Não, amigos... naquela noite não rolou nada!... Nem uma indiretinha, nem um olho no olho que deixasse em dúvida, nem nadica de nada. Era o mega tímido tentando se relacionar com a mega lenta. O resultado não poderia ser bom!...

Mas eu SABIA que era dele aquele bilhetinho em inglês, com a rosa. Então, fiquei confusa! E devagar-quase-parando, sem botar fé nenhuma no meu taco, eu fiquei pensando se tinha lido o que tinha lido, se aquilo não era "só" um bilhete de amigo e eu tinha criado uma grande confusão levando-o para a faculdade e mostrando para todas as meninas. Será??? Será????

E a vida voltou para a sua "normalidade". Ou o mais próximo disso, pelo menos. A gente se encontrava na FAC, depois eu tinha mil outras coisas para estudar, ele ia pro estágio, cada um na sua casa, no seu espaço. Às vezes, nos víamos à noite, nos "quase" finais de semana. Porque, geralmente, aos sábados, eu voltava para a cidade dos meus pais e passava o final de semana todo lá (na expectativa, confesso, de encontrar o ex, sem querer, pela rua... argh! Sabe aquela coisa adolescente de querer encontrar com o ex só para confirmar que a pessoa está imensa de gorda, com espinhas na cara, saindo com a pessoa mais feia do planeta??? Quando isso não acontece dessejeitinho, entããããão, é melhor NÃO encontrar!).

E, na última sexta-feira de novembro daquele ano, o pessoal todo foi em casa. As festas das minhas turmas de faculdades eram sempre em casa. A "república da vó da Mirys". Era onde os vizinhos não reclamavam, onde a polícia não precisava ir, onde tínhamos alguém super experiente e dedicada (minha vó) nos fazendo comidinhas e drinks. Era o máximo! E foi todo mundo para lá!!!

Passamos a noite tocando violão, cantando, jogando truco, jogando conversa fora. Eu já tinha até desencanado do Fer "naquele sentido" e minhas amigas cada vez mais insistiam que o bilhete devia ser do Gú (meu cunhado, depois).

Meia-noite (ou qualquer coisa assim) e todo mundo virou abóbora. Um por um, os amigos foram embora. Até que sobramos eu + Fer + Gú. E tocamos e cantamos mais, e conversamos mais, e ficamos juntos até umas 2hs da manhã. Daí, já tinha dado nosso limite. E os meninos se despediram de mim, entraram no fusca (lembram dele???? que sempre quebrava???) e foram embora.

15 minutos depois...

15 minutos depois (acharam que eu ia deixar pra amanhã, né? Há! Enganei vocês!), alguém pula o muro da varanda e bate na porta.
"- Mirys, eu esqueci minha carteira."

Era o Fer. Ele veio com aquele papinho de "esqueci minha carteira aqui" e "o fusca quebrou há duas quadras daqui e não quer pegar mais", etc. Eu peguei uma garrafa pet de água para ele e ele ia pular o muro de volta para sair correndo pela rua, quando... voltou.
"- A carteira."

Ele não tinha pego a abençoada carteira, que estava na mesinha ao lado da cadeira de balanço da minha vó. Ah, tá então! Ele entrou para pegar a carteira e eu fiquei encostada na parede da porta (ela é de correr), já preparada para fechá-la e ir dormir.

Ele pegou a carteira, veio na minha direção (da porta, na verdade), parou bem na minha frente - entre mim e a porta, e passou a mão no meu cabelo. Era na minha direção que ele estava vindo!!!! Era na minha, mesmo!!!! Não era na direção da porta!!!! Uhuuuu!!!!

Mão no cabelo, olho no olho (quando a timidez permitia), aquele sanduiche parede-eu-ele-porta, e ele manda:
"- Você quer namorar comigo?"

NA LATA!!!!!!! Sem enrolação, sem beijinho antes para ver se rola, sem mil preliminares, sem "vamos ficar e ver no que vai dar", sem maiores delongas. "Miriane, você quer NAMORAR comigo"!!! Assim, direto e reto!!!!

E eu? Eu... (vocês vão saber amanhã! Há! Tô ficando boa nesse negócio de deixar vocês curiosos!).

Cenas do próximo capítulo aqui

16 comentários:

Aline disse...

Eita! Eu até consegui sentir o friozinho na barriga quando vc contou da parte do cabelo! ai ai... :)

Mirys + Guigo + Nina disse...

Aêh!!!!!
Atingi meu objetivo!!!
Vocês estão SENTINDO a história!!!

Bom final de semana!
Aguarde as cenas do próximo capítulo amanhã!!!

Bjos e bençãos.
Mirys

Megs disse...

Ai Deussssssssssss........
Alem de eu enxergar, qdo vou lendo, tb sintooooooooooo.....
Ai que delicia. Que mágico.
To mais viciada do que eu esperava.
Agora abro o blog, varias vezes ao diaaaaaaaaaaaaaa. Meu Deus!!!!
Naso vejo a hora de saber do primeiro beijo......rs
Kisses.........

Dani disse...

O seu objetivo foi alcançado, com certeza, pois, até eu que já sei da história fico na expectativa e consigo sentir esse "friozinho na barriga"..
Esses são capítulos de um verdadeiro romance!

Bjs

Nana disse...

Nossa, voce pode ser uma escritora de sucesso, garota!!! Tem talento pro suspense....rsrsrs...
Ai, como eu queria q o romantismo voltasse a tona...que encontrasse alguem assim, determinado e direto!
Mas esse tipo ta escasso no mercado ne?! rsrsrsrs....
Bjs e fiquem com Deus. Mal posso esperar pelo proximo capitulo!

Cristina disse...

Eita! Eu até consegui sentir o friozinho na barriga quando vc contou da parte do cabelo! ai ai...

aiaiai, faço das palavras da Aline , as minhas , ta emocionante!

Cristina

O Divã Dellas disse...

ôôôôhhhhhhhhhh!!!
Faça isso não!!!
Eu toda empolgada aqui...
Mulher, tu tá pior do que a Globo pra cortar a emoção da gente e deixar pro dia seguinte.
rsrsr
Beijo,
Cinthya
http://odivaadellas.blogspot.com

Anônimo disse...

Deve estar na profissão errada, procura os diretores da emissora Globo, mostra a sua história, e pronto a próxima novela das 21:00h é sua! rs

Ele foi bem sutil né kkkkkkk.......Amanhã, sabadão, acordar e correr aqui para ler a continuação rs.

Bom fim de semana...
Beijos

Misla.

Juci disse...

(leitora antiga e primeiro comentário)

Ainn chega me arrepiei com esse post!! Que história mais linda!!

E esse supense todo?!Nossa Mirys conta logo tudoow...morrendo de curiosidade!!
Por que você não coloca logo 2 posts por dia!!rsrs

Bjulindo

Dayane Cavalcante disse...

Nossa que tensão no ar...Consegui até imaginar a respiração ofegante, o coração disparado...Chega arrepiei!!kkkkkk!!
Agora mata minha curiosidade:O que tinha escrito no bilhete??

ANA disse...

Mulheeeeeeeeer,que homem super direto,nem uma MAO NA NUCA,PISCADINHA DE OLHOS,Nem imagino como vc deva ter ficado...haja coracao.MAS,no fundo as vszes ele ja´devia ter um 6sentido e saber que daqui ha´uns anos ,daquela resposta positiva,sairiam seus dois mosqueteiros.Amanha continuo a ler,suuuuuuper curiosa.bj

Carina Ferro disse...

Mirys!!!!!

Vc acha que é certo fazer isso com um ser humano???? kkkkkkkkkkk
Estava lendo empolgadíssima, pensando: agora foi e vc deixa para amanhã??? Não vou nem dormir essa noite kkkkk.

Já te disse isso mas vou dizer de novo, adoro os seus textos, vc escreve muito bem. Parabéns!
Beijos

Andrea disse...

Mirys, sempre leio mas nunca comento, só que agora é diferente, porque todo esse teu esforço em passar para a gente cada detalhe da tua linda historia de amor merece um comentário de agradecimento. Obrigada por compartilhar detalhes tão especiais da tua vida. Te admiro muito. Bjs!!!

Liliane Arend disse...

sacanagem deixar pra amanhã sua resposta .....
Li

Debby disse...

Ai meu Jesus Cristinhoooo agor im, tive um sincope Myrisssss rsrsrs

Bjs

Debby :)

Kinha disse...

Gostei da desculpa de deixar a carteira. Bem bolada apesar de velha, rsrs