quarta-feira, 20 de abril de 2011

The Beatles - a minha preferida (Diário da Mirys)

Quando a gente tinha o Fer e o mp3 dele, a gente ouvia muito Beatles no carro, nas viagens. E a gente viajava sempre!!! Na cidade, quando as crianças pediam, eu colocava um CD pra tocar, mesmo (sempre fui menos tecnológica do que o Fer).

De cada CD, as crianças escolhiam as suas preferidas e eu, por tabela, escolhia as minhas. É por isso que elas acham, até hoje, que a minha música preferida dos Beatles é here comes the sun, tchurururuuuuuu.

Mas, não é. Acho que eu escolhi, meio sem querer, a mesma que o meu pai escolheu pra ele. Só que por motivos diferentes. Eu gostava meeeeeesmo de "here, there and everywhere". Porque o Fer cantava essa pra mim (quem teve oportunidade de ouvir voz e violão desse mocinho sabe EXATAMENTE do que eu estou falando)... Porque eu cantava pra ele, às vezes... Porque a letra é linda... Porque a gente realmente queria estar pra sempre olhando nos olhos do outro e vendo a nós mesmos ali (que frase maravilhosa é essa que alguém, um dia, escreveu???)...

Hoje, o Fer não está mais nos meus olhos. Hoje, eu choro na maioria das vezes em que ouço essa música. Hoje, eu deixo esse CD bem guardadinho. Hoje, a letra tem um significado diferente pra mim...

To lead a better life, I need my love to be here.
(pra viver uma vida melhor, eu preciso que o meu amor esteja aqui)

Here, making each day of the year
Changing my life with a wave of her hand
Nobody can deny that there's something there.
(Aqui, fazendo cada dia do meu ano,
mudando a minha vida com um aceno de sua mão,
ninguém pode negar que há algo de especial ali).

There, running my hands through her hair
Both of us thinking how good it can be
Someone is speaking but she doesn't know he's there.
(Lá, passando minhas mãos pelos seus cabelos,
ambos pensando "quão bom pode ser isso?",
alguém está falando mas ela nem percebe que esse alguém está lá).

I want her everywhere
and if she's beside me I know I need never care.
But to love her is to need her everywhere.
(E a quero em todos os lugares
e se ela estiver do meu lado eu sei que eu não preciso me preocupar
mas ama-la é precisar dela em todos os lugares).

Everywhere, knowing that love is to share
each one believing that love never dies
watching her eyes and hoping I'm always there.
(Sabendo que o amor é pra ser partilhado,
Cada um de nós acreditando que o amor nunca morre
eu olho pros olhos dela e espero que eu esteja sempre ali).

I will be there, and everywhere.
Here, there and everywhere.
(E eu vou estar lá... e em todos os lugares
Aqui, lá e em todos os lugares).

Deu pra entender?

4 comentários:

Valerie Koop disse...

I love this song ... and I can see why it holds such a place in your heart. Reading the lyrics makes it hard to breathe.

I check in on your multiple times a day. Not sure what I'd do without your inspiration.

XOXO.

Mima Godoy disse...

OI MirYs!...
A música é linda!!!e acredito sim q o Fer(como vc o chama carinhosamente) ainda pode ser visto em seus olhos,qdo vc olha prá aquela guitarra de decoração no seu ap(alí vc ve um pouco dele)qdo vc olha prá coisas q te lembram ele, mas principalmente qdo vc olha nos olhos de seus filhos aHHHH alí sim com certeza tem mto do Fer, é a continuação do amor de vcs...é um presente de Deus, q vai fazer com q ele(fer) seja sempre presente em sua vidaUm bjo

Liliane Arend disse...

simplesmente lindo
Li

Dear Prudence disse...

Chorei muito!!!
Adorei

Beatle abraço