segunda-feira, 21 de março de 2011

Café pro Nono (Diário do Guigo)


Agora, dei pra acordar cedo, mesmo nos finais de semana. Só não acordo junto com a mãmi se fiquei brincando até muito tarde, no dia anterior. Senão... 7 e pouco, eu estou lá! Ela levanta, eu levanto.

E na casa do Nono ele tem uma tradição: ele acorda mais cedo do que todo mundo, faz o café e leva um copinho de café lá no quarto, para a minha Vó. Todo dia! Todo dia, mesmo!

A mãmi, de vez em quando, quando estamos por lá e ela acorda mais cedo do que o Nono, vai pra cozinha e faz o café. E eu ficava assistindo (porque mexer no fogão, ela não deixa não!!!).

Mas, uns domingos atrás, eu tive uma ideia:

"- Mãmi, você vai fazer o café do Nono?"
"- Sim filhote."
"- Quero fazer com você. Você me explica como se faz café?"
"- Explico, Guigo. Mas, você não pode mexer no fogão... é perigoso..."
"- Não quero mexer no fogão, mãmi. Quero saber fazer o café do Nono. Peraí que eu vou buscar um papel!!" e saí correndo.

Voltei de pedacinho de papel e lápis, na mão, sentei na banqueta e mandei:

"- Mãmi, e aí? Do que a gente vai precisar?"

A partir de então, se a gente dorme no Nono, somos nós dois (eu e a mãmi) que fazemos o café, de manhã. E eu sempre tenho que anotar tudo, de novo, porque alguém tira meu papel / receita da geladeira e joga fora!!! Poxa... Que falta de consideração com um menininho...

OBS: mãmi dita, eu escrevo, ela separa as coisas, eu coloco a água na chaleira e o pó no coador, ela "passa" o café e eu leve DOIS copinhos pro quarto do Nono, na mão, mesmo. Só levo na bandeija, quando resolvo transportar TRÊS copos: um do Nono, um da vovó e um meu, que vou ficar por lá, na cama deles, assistindo ao Discovery Kids. ;)

12 comentários:

Lola disse...

Oi Três! Tudo bem??? rs
Sou a Lola e com o objetivo de ajudar a sua mamis, Mirys, a completar 1000 seguidores para o blog, cá estou! Conheci vcs através do blog da Mari, aquela linda mãe polvo, do Leo, sabe? Pois é! Eu também tenho dois guerreirinhos em casa, um grande de 11 anos e um de 9, bem magrelo. Bom, vim dar uma força e não é que acabei amando o blog e a história de vcs? Não só por ser muito bem escrita mas porque é muito parecida com a minha história de quando eu era só uma menininha e de quando meu irmão era só um menininho. Nós também tinhamos um pai que era quase um herói. E ele também foi morar com Deus quando mamãe era muito nova e nós também! Também foi numa viagem de carro...Hoje estamos todos grandes, eu, meu mano e minha mãe. Todo mundo se casou! Sim! Minha mãe tem outro marido! E estamos todos felizes da vida! Meu papai também está feliz, lá em cima, olhando por nós! Por isso, vou ficar por aqui e ler o diários de vcs. Posso??? rs

Bjs

Mirys + Guigo + Nina disse...

Lola:

Adorei!!!!!
Adoramos!!!!!
Bem vinda ao Diário!

Mulher, sério que essa foi sua história? É um alívio ver que a vida pode seguir em frente, de uma maneira quase normal (não a planejada, mas o mais próximo da normalidade possível)...

Bjos e bençãos.
Mirys

Telma - Minha casa. Minha Vida. disse...

Cheguei aqui nem sei mas como... só sei que cheguei e fiquei , é isso mesmo, fiquei... Tudo tão bem escrito e tão forte e tão cheio de esperança, tão cheio de Deus... quero ficar. posso?
Tenho amigos que são de Jaú-Sp...Rev Halley Franco e Raquel... será que você conhece??? Hoje moro em Sousa-Pb, mas durante 11 anos trabalhamos na mesma igreja. Igreja Presbiteriana em Candeias, no grande Recife....
Um grande beijo....
Telma Linhares

Megs disse...

que coisa mais linda.....
cultivem isso....
sem palavras, bjs

danibadanai disse...

Eu também amo um cafezinho..
e esse Guilherme é tuuuudo de bom!

Beijos,
Amo vocês..

Mirys + Guigo + Nina disse...

Telma:

Seja muitíssimo bem vinda!
Que bom que chegou (sabe-se lá como! kkk), gostou e ficou! É uma honra para nós!!!

Não conheço seus amigos de Jaú (assim... de nome...),mas posso conhecê-los! Peça para entrarem em contato comigo, aqui no blog, tá? Que a gente toma um café e te manda as fotos! Há!

Bjos e bençãos.
Mirys

Mirys + Guigo + Nina disse...

Megs e Dani:

Criar filhos é exaustivo, você faz e fala um milhão de vezes a mesma coisa, tenta colocar uns princípios nas cabecinhas deles, vira do aveso.

Mas, daí, você vê um momento muito bacana desses e pensa: "fui eu que fiz...". E dá uma paz!...

Bjos e bençãos.
Mirys

Dani disse...

Mirys, realmente essa sensação de "fui eu que fiz" é indescritível!

Bjs

Mirys + Guigo + Nina disse...

É Daninha... é boa mesmo!

Mas, eu coloco o pezinho no chão e penso "se der errado, fui eu que fiz, também!!!". Então, bóra ter muita paciência e jogo de cintura para criar esse pessoal!

Bjos e bençãos.
Mirys

Anônimo disse...

Essa historia dos 3 copos me lembrou de outra... em uma certa creperia na Champs!!!!

hauhauahuahua....

Liliane Arend disse...

lembrei muito do meu nono ... que está olhando por mim lá do céu ... sempre acordávamos com o cheirinho de café fresquinho, noticiário rolando no rádio.... e quando ele e seu irmão tocavam violino???? ai como era lindo e, na época, pouco dávamos bola ....
Mirys, obrigada por trazer à tona esses sentimentos!!!
bjo
Li
londrescomfilhos.blogspot.com

Mônica Japiassú disse...

Que história linda e cheia de amor. Seus filhos são muito especiais, Mirys! Tenha muito orgulho mesmo de dizer "fui eu que fiz"!