sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Solidariedade - Coisas Imprescindíveis da Vida nº 3


Graças a Deus, nós temos muito!
E apostamos que você também tem!!!

Se você parar para ver, ao seu lado existem pessoas precisando muito de coisas que você tem de sobra. Se analisar, direitinho, você tem mais do que o suficiente. Quer ver?

Se está lendo esse post, é porque tem um computador e/ou tem conhecimento para utilizá-lo. Tem muita gente que não têm acesso ao mundo virtual e às facilidades da informática. Tem muita gente que não têm saúde mental para aprender a lidar com um computador. Você, não! Você é abençoado! E se você tem um computador em casa significa que... você tem uma casa! Tanta gente não têm... infelizmente, muitos ainda dormem ao relento, de favor na casa dos outros ou em algum abrigo por aí. Você, não! Você é abençoado! E se você tem um computador e uma casa e ainda não perdeu nenhum dos dois é porque você tem trabalho, renda, um dinheirinho no final do mês para gastar com aquilo que te parece importante. Inúmeras pessoas não tem salário, não tem trabalho, não tem qualificação para conseguir um...

Acho que já deu pra você entender a ideia principal, não é? VOCÊ É ABENÇOADO!!!

Então, meu amigo, a regra é simples: se você tem mais do que precisa e muita gente não tem nem o básico - DIVIDA!!! Talvez isso vá te fazer ficar mais pobre, momentaneamente. Mas também te faz mais humano, instantaneamente!!! E, como ninguém vai levar dinheiro junto quando for embora desse mundo, prefiro ser mais humana!

Solidariedade, apesar de estar na moda, dar ibope, ainda é muito pouco praticada. Porque, confesso, dá trabalho! Ás vezes, para doar um pacote de verduras que crescem no jardim do meu pai e não vão ser consumidas por nós, é preciso entrar no orfanato, preencher a fichinha de doação, dar nome, endereço, telefone. Vai que eles queiram te agradecer!!! Precisam te achar! E mesmo que você fale que não quer nenhum agradecimento... não adianta. Essas coisas são burocráticas, mesmo.

FORA NA ÉPOCA DO NATAL!!!
Agora é a hora perfeita de você dividir um pouco de tudo o que tem seeeeem ter que passar por toda a trabalheira que é se engajar num serviço voluntário ou se cadastrar para fazer doações. No Natal, é mais simples! Você prepara algo num embrulho bonitinho e diz: "tó". E a pessoa do outro lado fala: "obrigado". E pronto! Você já foi solidário!!! Bárbaro, não?

Então, pessoal: mãos à obra. Aproveite as comprinhas do início do mês para incluir um panetone (ou uma caixa de bombons, ou um pacote de bis, ou um pacote de bolacha recheada - poxa! Um pacote de bolacha recheada não vai deixar ninguém pobre, né?) para o porteiro do seu prédio e/ou para a moça da limpeza e/ou para o guardador de carros do seu estacionamento e/ou para a monitora da escolinha do seu filho e/ou para a sua ajudante do lar. Se não tiver dinheiro, doe tempo! Vá a um hospital, contar histórias para crianças UM único dia (ou a um asilo, ler livros para senhores de idade). Se ofereça para passar UMA tarde num orfanato, cortando o cabelo das crianças. Sei lá! Invente! Seja criativo! Mas não deixe de dividir o que você tem (seja dinheiro, comida, conhecimento) sobrando!

Nós já fizemos uma parte da nossa parte (siiiim, porque eu sempre envolvo as crianças nessas coisas! Eles têm que aprender a repartir e a agradecer). Passamos a noite de ontem fazendo cartões para várias pessoas queridas. Hoje, entregamos um chocotone para cada porteiro do nosso prédio + zelador + pessoal da limpeza. Entregamos um chocotone para cada professor (normal, de ballet, de tenis, de informática, de música, etc) e uma caixa de bombons para cada monitora que todo santo dia evitam que eu tenha que estacionar, desligar o carro, tirar o cinto, descer as crianças, descer as mochilas, levá-los até a porta da escola e chegar atrasada ao serviço. Elas vão até o carro, sempre sorrindo, e conduzem meus dois pequenos gentilmente até dentro da escola. Nós também "adotamos" (compramos uma cesta com produtos gostosos) uma criança de uma vila muito pobre da nossa cidade. Eram 60. Nós ajudamos uma (e oramos para Deus mandar outras 59 pessoas que também queiram dividir).

É muito? Talvez... gastei um bom dinheiro em todos esses mimos.
Mas ver meu filho entregando uma lembrança à professora dele e dizendo: "professora Maria Helena, muito obrigado por ter me ensinado muitas coisas, nesse ano!" NÃO TEM PREÇO!!! Ele entendeu direitinho a lição.

OBS: só pra constar. A Helena, quando entregou o bombom a uma monitora, disse: "para você. Feliz Natal! Obrigada por cuidar de mim na rua." E a moça, incrédula, não quis pegar o pacote. A Nina insistiu. E a monitora olhou pra mim e perguntou: "é pra mim, mesmo? Poxa... ninguém nunca faz isso" (acho que todo mundo só se lembra das professoras). Agora eu te pergunto: por que? Por que? Por que?

8 comentários:

Carol Siqueira disse...

Mirys, eu adoro os seus posts porque nos fazem pensar em muitas coisas que ficam nas entrelinhas.
Ah! Dá uma passadinha lá no blog porque acho que você vai gostar de ler mais um de meus desabafos.
Abraços de Carol Siqueira.
www.falamamae.com

Nana disse...

Sabe, Mirys... acho q esse post tb pode ser incluido no post de gentilezas... a maioria das pessoas nao estao mais acostumadas com isso.
Há uns dias atrás, a moça do caixa errou o troco e deu dinheiro a mais pra minha mãe; minha mãe conferiu o dinheiro e devolveu o que estava mais. A moça tb ficou incrédula e agradeceu tanto... como se fosse um favor minha mãe ser honesta... Precisamos de mais gestos de gentileza e solidariedade mesmo!
Bjs e fiquem com Deus. Boa viagem pra td família!!!

Anônimo disse...

Que lindo!! Já que não tenho como gastar muito, vou comprar uma caixa de bombons e assim terei um mimo para dar pra cada um que passa pela minha vida todos os dias.
Obrigada por me fazer pensar.
Família linda!
beijos
Vanessa - São Leopoldo - RS

danibadanai disse...

Esses "pequenos" gestos marcam as pessoas por toda a vida!

Uma outra maneira de ser solidário é ouvir, ouvir o que os outros têm a dizer.... não apenas escutar, mas partilhar, colocar-se no lugar, dar uma palavra de incentivo ...
Existem poucos dispostos a fazer isso!

Beijos

Mirys + Guigo + Nina disse...

Oi Carol!!!

Que bom que estamos colocando o povo para pensar e... para agir!!! Não dá pra "mudar o mundo" sem isso!!!

Bjos e bençãos.

Mirys + Guigo + Nina disse...

Nana: na verdade, uma coisa leva à outra. E teremos um post só sobre honestidade!!!

Ás vezes, alguém lê só um ou outro... e vamos torcer para que ele incorpore a mensagem TODA!!! Rsrsrs

Jà passei por isso, no caixa. A moça ficou me agradecendo atééé eu sair pela porta. Como se fosse um favor, mesmo...

Bjos e bençãos.

Mirys + Guigo + Nina disse...

Vanessa:

A-M-E-I a ideia da caixa de bombons!!! Aêh, garota!!! Pegou o espírito da coisa!!!

Eu, durante muito tempo, não tinha nadica de nada de dinheirinho, também, então era solidária só de outros jeitos.

Mas, agora, como estou um pouco mais abençoada nessa área, acho que devo abençoar mais os outros, também! É justo, não é?

Bjos e bençãos.

Mirys + Guigo + Nina disse...

Daninha: AMÉM!!!

Minha "amiga/consciência" é ou não é o máximo, heim gente???

Bjos e bençãos!