quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

"Mãmi, eu quero o pápa!" (Diário da Nina)

Oi pessoal!

Estou sumida, né? Mas é que eu estou DE FÉRIAS!!!! E estou adorando esta ideia!!!

Então, passo por aqui só para contar para vocês a nova "fase" do Guigo. O tempo inteiro (pelo menos uma vez por dia, na última semana), ele começou a proferir uma frase que só tinha falado uma vez para a mãmi, nesse quase um ano.

Já adivinharam, não é? A frase é "mãmi, eu quero o pápa!".

Sem choro. Sem cara triste. Sem drama.
Só uma constatação. Mas, algo beeeeem constante.

Daí, que a mãmi não tem o que responder e a conversa fica assim:

"-mãmi, eu quero o pápa!"
"-ôh, filhote... eu também quero. Mas não tem nada que a mãmi possa fazer..."

E eles dois já repetiram tanto essas frases nos últimos dias, que, agora, a conversa já mudou. O Guigo fala:

"-mãmi, eu quero o pápa!" e olha para ela com carinha de cachorro abandonado... e ele mesmo já completa: "-você também quer, né mãmi? Mas, não tem nada que você possa fazer..."

E voltamos a brincar do jogo da pizza (o jogo predileto - até agora - que ganhamos no Natal!).

7 comentários:

Anônimo disse...

Myris
chegou seu cartão...adorei...coloquei na geladeira rs

Ótimo 2011 para os 3 mosqueteiros.

Beijos,

Misla.

Desconstruindo a Mãe disse...

Menina... admiro a tua serenidade e a persistência que tu tens.

Com isso não quero dizer que acho que consegues transformar os sentimentos de saudade e dor da perda em algo muito construtivo, positivo mesmo e que não sei se teria a tua força.


Por isso vim aqui dizer que desejo muita fé, luz, paz, harmonia e sabedoria em teu lar. Tudo o que já pareces ter... então, que se mantenha tudo isso e que vocês semeiem tudo de lindo que é possível!

Um grande abraço, muitos beijos nos lindos pequenos e uma entrada de ano muito feliz!

Ingrid

Mariana Hart disse...

Ai meu coração...assim vc acaba comigo. #choreii#

Ly Mello disse...

Miriane, muitíssimo obrigada pelo seu cartão! Vc não sabe como chegou em boa hora, pra me dar força! Aliás, deve saber sim, pq vc é ungida por Deus para abençoar as pessoas e proporcionar esse renovo!
Desejo que Deus continue abençoando abundantemente sua vida e de seus mosqueteiros, e te dando força para prosseguir, sempre!
Beijo enorme!

Anônimo disse...

Chega a doer o meu peito só de pensar.
É tão injusto.
Também tenho um Gui e uma Luísa de quase 5 anos (gêmeos) e me dói muito esta falta do que fazer.
Não há o que fazer, só pedir ao Pai que carregue vocês no colo.
Um forte abraço.
Silvia

Nira disse...

Oi, cheguei aqui por indicação de uma amiga blogueira como eu e você. Minha filha pewrdeu o pai recentemente e parece estatr tendo muita dificuldade pra digerir isso. Ele faleceu em outubro, na semana do aniversário dela e ela só tem três anos. Confesso que me sinto desamparada por não ver formas de minimizar o sofrimento dela. Quando penso nisso me dá um aperto tão grande no coração que se eu pudesse morrer só pra deixar tudo como estava antes, eu o faria na mesma hora. Me dói demais vê-la assim. Adimiro sua força e coragem diante dessa situação e parabenizo seus esforços e conquistas, porque eu não estou conseguindo.

Megs disse...

Meus Deus!!!!!!!!!!!!
Essa parte deve ser uma das mais dificeis....
Deus ilumine sp seus passos....
Bjs