quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Mãe e Pai - Coisas Imprescindíveis da Vida nº 15


Essa vai ser difícil... tinha pedido para um novo amigo escrever pelo menos uma parte desse post para mim, mas o Marcelo está na correria dele mesmo, com o blog / coluna dele, esperando ansiosamente o Enrique chegar! Me mandou um e-mail super gentil explicando a correria, mas nem precisava, né? Marcelo, querido, muito obrigada por passar por aqui de vez em quando, me mandar e-mails, me dar dicas, me trazer inspiração! Que bom que ainda existem homens assim!

Quem já teve a oportunidade de ler a "sopa de pai", sabe que ninguém melhor do que o Marcelo para falar das mães. Porque ele tem uma relação bacanérrima com a mãe dele. Porque ele é apaixonado pela Gabi e pela mãe que ela vai se tornar, em uns 2 meses (ou menos, heim Enrique?). E eu, euzinha, falar sobre mães num ano em que tive que ser MÃE (com letras garrafais multiplicadas à quinta potência) é desaforo, não é? A tendência é que eu seja parcial... Então, desde já, desculpem-me! Se eu pender para lá ou para cá, é porque estou com medo de, justamente, pender para um dos lados! É uma loucura essa vida de "escritora"... Rsrsrs

Coisas imprescindíveis da vida: mãe e pai!!! Sei que já falamos de família, de um modo geral, mas mães e pais merecem nossa atenção especial, porque, sem eles, nem existiria família, para começo de conversa! Há!

São os pais que nos dão (ou deveriam) as bases da vida: boas ou ruins. São eles que nos ensinam a mamar, falar, andar, ler, construir o nosso mundo. Eles que nos passam as noções de bom/mau, de certo/errado, de Deus, de higiene e saúde básica, de convivência com o resto do mundo. Se algum pai ou mãe está em falta nesses quesitos, alguém tem que entrar na jogada e fazer o papel de pai / mãe! Porque ninguém é uma ilha, nem nasce sabendo, nem aprende tudo sozinho. Alguém teve que nos pegar pela mão e nos ajudar a, quase caindo, dar os primeiros passos. Esse alguém fez o papel de pai e mãe, e é sobre esses alguéns este post!


Ser mãe ou pai é padecer no paraíso, mesmo. Padecer porque você perde noites de sono, perde o seu programa na TV, o seu parceiro quando ele vai "cuidar das crianças", o seu tempo para você, perde a última (e melhor) colherada da sobremesa quando um mini-você faz uma carinha linda e pede: "deixa eu experimentar"? E, antes que você fique só aí, concordando com a cabeça e pensando "é bem assim, mesmo", lembrando de tudo o que você "perdeu" por causa dos seus filhos, lembre-se que ALGUM DIA, ALGUÉM FEZ TUDO ISSO POR VOCÊ!!!! E você já se lembrou de agradecer?

Seus queridos pais já cuidaram de você bebê, com choros e cólicas e amamentações ou com a sua irritante e bem humorada insônia (porque bebês não têm um pingo de noção que são 3 horas da manhã e resolvem não dormir pra ficar falando "abúúú" e sorrindo). Seus pais já trocaram fraldas e fraldas suas (de pano!). Seus pais já perderam viagens porque você ficou de recuperação na escola (ufa! Os meus, não!). Eles já choraram quando você terminou com aquele namorado, que eles detestavam (mas você gostava taaanto e chorou taaanto que eles choraram por você).

Pais são assim mesmo: eles deixam de fazer para sobrar dinheiro para que o filho faça! Eles se colocam no seu lugar! Eles torcem por você! Eles só querem o seu bem. E, hoje, como mãe E pai, arrisco a dizer que estava certíssimo quem disse que "quando você nasceu, seus pais não programavam que você fosse multimilionário, famoso, super bem-relacionado. Eles só queriam que você fizesse coisas básicas na vida (mamasse, dormisse, brincasse, crescesse) e fosse feliz!".

E, quando a gente cresce, são eles que ensinam qual a melhor roupa pra vestir, qual curso seguir, qual vinho comprar, qual comida combina com aquele vinho ou quaisquer outros "quais" que existam na sua família. Eles não se cansam de nos apresentar o mundo deles e, como eles já estão mais na frente, nessa corrida da vida, eles querem evitar que a gente perca tempo com o pior, o menos gostoso, o mais chatinho. "Filho, venha por aqui, que é beeeem melhor pra você"!


Nesse ano, conheci algumas mães e pais que vão além do normal! Porque além de todas as batalhas "normais" de filhos, eles ainda enfrentam doenças incuráveis, paralisias diversas, processos de radio e quimioterapia, etc. E passam por tudo isso sorrindo! Verdadeiros heróis do nosso cotidiano que não têm o devido reconhecimento! A todos vocês, que tentam fazer um mundo feliz para uma criança, sob condições anormais de temperatura e pressão, o meu agradecimento! Sim, porque vocês me motivaram e me mostraram que podemos ter um mundo melhor, se cada um fizer sua parte!

Porque, pessoal, ser pai e mãe é isso: dar a sua vida por outra pessoinha!... Enquanto você toca a sua vida (leia-se trabalho/relacionamentos/cultura/alimentação/casamento/voluntariado/etc), ao MESMO TEMPO! E sorrindo!

Pai J.G. e mãe M. = AMO VOCÊS DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO!!! Obrigada por estarem comigo desde o comecinho da minha história e continuarem torcendo por mim, até hoje (apesar de todas as bobagens que eu já fiz nessa vida... ai, ai...).

Tio Almanir e Tia Dina: em nome do Fer (que certamente diria isso também), nós 3 os amamos muito!!! Obrigada por terem criado esse menino lindo e o entregue, de bandeja, pra mim! Procurei tomar conta direitinho dele, no pedaço de vida que dividimos, para honrar o que vocês já tinham feito até então...

E você, já agradeceu seu pai, mãe, tio, tia, avô, avó ou qualquer outra pessoa que tenha feito esse papel na sua vida??? O que você está esperando??? É Natal! Mais do que nunca, é uma hora perfeita para reconhecer e agradecer aqueles que amamos e que nos tornaram quem somos hoje.

OBS: fazendo a advogada do diabo = seu pai e mãe é padecer. Mas é no paraíso, né? P-A-R-A-Í-S-O!!! Filhos, amo vocês, também!

3 comentários:

Mariana Hart disse...

Ai que legal!!! Muito bem lembrado! Pai e mãe são o porto seguro!

Querida, no psot escrevi imprescindível errado,affff...rs...depois conserta p/mim!?

Beijão grandãooo pra essa família toda!!

Débora disse...

A-DO-RE-I !!!!
O melhor(pra mim)até agora,amo meus pais mais que TU-DO.
Lindo.
Beijo

Nana disse...

Sem comentários... meus pais são meu TUDO...a MELHOR bencao q Deus poderia ter me dado.
Excepcional post, Mirys....
Aproveitando a passagem, um ótimo Natal pra vc e td sua "pequena" familia q ja me adotou tb.... Bjs e fiquem com Deus.