segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Enquanto a pior fase passa.... (Diário da Mirys)

Comentei com algumas pessoas muito queridas e próximas (esse tipo de conversa tem que ser ao vivo!) que uma das partes mais difíceis para mim era não ter parâmetros pra seguir. Nunca fiquei viúva antes. Não conheço ninguém que tenha ficado nessa mesma situação (35 anos, dois filhos pequenos, mudança de cidade...). Só minhas avós e a dele... mas os tempos eram outros, as idades delas eram outras, os problemas com os filhos (já criados) eram outros... tudo muito diferente. Então, não conta, né?

Eu estava no meu problema... sozinha! Sem nem uma dicazinha...
PS: espero, um dia, ajudar alguém com esse blog! Na verdade, espero SINCERAMENTE nunca ajudar ninguém porque ninguém mais vai passar por isso! Sério... NINGUÉM merece... Mas, se alguém passar e precisar de mim, estarei aqui...

Voltando à história, uma grande (e nova) amiga me fez um enorme favor e me apresentou a um outro blog, de uma outra viúva (não tão nova quanto eu, mas que passava mais ou menos pela mesma fase), caso recentíssimo (ela ainda está na fase dos 3 meses... eu já estou beirando o sétimo...). Mas ler aqueles depoimentos me ajudou muito! (chama-se "aviuvaverde.wordpress.com" ) Saber que não sou a única, escolhida a dedo, perdida por esse mundo!

Fora a Dani, só a Thaty (amo você! Mega saudade!) que tinha me ajudado com isso (talvez, sem querer), me apresentando ao diário virtual de um pai viúvo com uma bebezinha (para quem sabe inglês, vale a dica! "www.mattlogelin.com" ).

Então, hoje, escrevendo um comentário para essa outra viúva nova (ou verde, como ela criativamente se chama), percebi que não tinha compartilhado algo muito importante com vocês, meus queridos amigos!

Um dia tive uma conversa muito franca com a minha sogra (que é mãe, tinha um outro relacionamento com o Fer, estava lá na hora do acidente, é mais velha, tem um outro tipo de vida... ou seja, tudo muito diferente!) e disse algo pra ela que, às vezes, tenho que repetir para mim mesma:

-você não precisa sofrer mais do que o que já está sofrendo! O que estamos passando já é ruim o suficiente, a gente não precisa ficar cutucando isso o tempo todo, com medo de esquecer. Não vamos esquecer!


Para minha sogra, era muito importante lembrar "fisicamente" do Fer. Então, ela encheu a casa de fotos dele, ouvia músicas que ele gostava, fazendo coisas que ele gostava... só para lembrar. Eu, por outro lado, tentei manter a sanidade (até pelas crianças) e a "distância" das coisas que me faziam mal (não dele!). Fotos não me incomodavam. Nem roupas. Mas perfumes, sim! Não podia sentir os cheiros dos deles ou dos meus, que me lembrava dele ou do que ele falava ("-amor, adoro esse!" "-amor, esse não é muito bom pra hoje..."). Então, escondi os perfumes! Esperava, com isso, me poupar!

Acho que você não precisa jogar tudo fora, vender a casa, nunca mais voltar, rasgar fotos, distribuir CDs que você também gosta, esvaziar os vidros de perfumes na pia (caríssimos... tinham uns que ele tinha começado a usar na semana anterior, quando os ganhou da minha mãe, e ATÉ ESSES tinham uma história para mim!!!)... só precisa se poupar, enquanto a pior fase passa... por você ou pelas crianças! Pode escolher!


DEPOIS, você pensa no que vai fazer com tudo isso + as coisas dele + um milhão de detalhes da sua vida que você nem percebia mas ele estava lá! AGORA, você precisa ficar bem e deixar seus filhos bem. E uma maneira de fazer isso é guardando as coisas difíceis para pensar nelas mais tarde. Nas coisas, não no Fer. Ele sempre vai estar lá. Mas as coisas não precisam estar, como uma faca bem afiada, rodando pra lá e pra cá, dentro de você, o dia todo...
Focus, baby!

Então, decidi guardar o que me incomodava, para pensar sobre isso mais tarde. Quando der. Quando doer menos para mim...

PS: a-d-o-r-a-v-a essa carinha de bravo...
Miss you, baby...

13 comentários:

Juliana disse...

Mirys, sabemos e sentimos junto com vcs o quanto é difícil...Pra mim e pro Rô não está sendo fácil. Sinto falta dos conselhos do Fer e tenho certeza que ele ainda teria vários pra me dar principalmente agora com a gravidez... mas sei que ele deve estar curtindo a filhinha do Lemão! Bjs nos 3, Juliana e Rodrigo.

Juliana disse...

Mirys, sabemos e sentimos o quanto está sendo difícil. A saudade do Fer só aumenta, sinto falta dos conselhos dele, tenho certeza que ele teria vários, principalmente agora durante a gravidez, mas tenho certeza que ele está conosco, curtindo a menininha do Lemão!!! Bjs pra vcs 3! Juliana e Rodrigo

Ramiro disse...

Muito bonita a história de vcs!!
Espero que essa familia possa seguir assim linda e unida mesmo com todas as barreiras que a vida nos apresenta...
Felicidades a todos!!

Robson Caffé disse...

Eu também adorava a carinha de bravo dele pra fazer fotos.
Sobre os perfumes, para que não se percam, que tal começar a borrifar levemente no Guigo para que ele não fique com um cheiro de adulto tão forte?
Tenho lido com carinho e atenção o diário das crianças e concordo com o que a D.Ondina te falou. Não sofra mais do que já sofre com medo de esquecer o que foi vivido - e de forma tão intensa. Também não vou esquecer do meu amigo e companheiro de sons e sonhos jamais.
Receba um abraço demorado e um beijo carinhoso.

Guilherme e Helena disse...

"Olha é o papi!!!! Mãmi, sobe a tela pra gente dar um beijo nele?"

muié disse...

a gente se ajuda assim. obrigada. um beijo enorme, estou aprendendo muito com você.
a viuva verde...

danibadanai disse...

Olhando essa foto, linda, não consigo pensar nada que não seja: "meu Deus, que saudade!"

Déia disse...

Miriane (acho que só eu te chamo assim né ?)
Acho que você tem toda razão, prá que ficar cutucando as feridas ? Não precisamos ficar vendo os objetos, as coisas, pois nós sempre nos lembraremos dele, porque ele está e sempre estará em nossos corações. Força amiga...
Eu e Deus sabemos que você conseguirá superar tudo isso que está acontecendo e no futuro você verá que tudo serviu para o seu crescimento espiritual e pessoal.

PS: Como você conseguiu me ver 3 dias com aquela camiseta em Ituverava? Realmente ele está lindo naquela foto.

Beijos Deia.

Almanir disse...

Olá Mirys

Esta é a minha primeira vez, aqui nos seus blogs.

Ontem te mandei uma mensagem no teu e-mail no Yahoo. Hoje foi enviada outra, pois a anexo não cabe aqui.

O objetivo de ambas é um só:
Como eu disse lá,"you must smile, ever, and go on living, taking care of the pearls you have from him.

Almanir

Ju Izar Segalla disse...

Saudades......... e só! É só o que eu consigo escrever. AMO VCS.

Ju

Tathy Freoli disse...

Amore, concordo com o vovô Almanir! Take good care of your pearls =) Let them shine!!!!
Vó Ida passou por isso, lembra? Viúva, com duas crianças pequenas, sem família por perto... niente! Ah! E agora tenho uma amiga, linda, 29 anos, nessa categoria especial, repaginando o livro da vida dela. Te conto pessoalmente!

Amo vc, amo o Fer, amo a história de vcs, amo o q começou e o q terminou (Louvado seja o nome do Senhor!). Quanto aos perfumes, abra os potes e faça uma mistura. Vai ser o 'cheiro de vocês', num só, pra sempre! Minha casa de Brasília será sempre o lugar 'da oração', do Fer pedindo filhos e de Deus respondendo. Mas foi 1 página da minha história que começou, terminou e tá aqui, guardada no coração! 4ever...

Cele disse...

Nossa! Eu também fiz isso! Eu fugi do que mais doía! E a minha sogra tá tendo o mesmo comportamento da sua!

Cristiana disse...

Olá Mirys,meu nome é Cristiana tenho 31 anos e moro em Passo Fundo RS, minha história é parecida com a tua, e como você, eu também estava em busca de alguém q estivesse passando por uma situação parecida.Em setembro passado fez um ano que perdi meu marido. Ele tinha 32anos e trabalhava numa firma q vendia bebidas. No dia 30 de setembro de 2010 dia q nunca irei esquecer, também porque era o aniversário do meu pai, o Fabiano foi fazer uma entrega em Carazinho, e me convidou p ir junto, não pude ir por q ele saiu atrasado p varia,mas senti q alguma coisa estava errado c o Fabiano, e por volta das 9:30 ele me ligou dizendo: Ta amor to indo, e falou falou e então disse " viu minha nega não esquece q eu te amo e desligou! Nesse momento ele estava parado nessas obras q fazem na pista e minutos depois q desligou o telefone um caminhão a 110/h bateu na traseira da iveco q ele dirigia e matou meu marido na hora, o problema é q na frente do Fabiano havia um caminhão de gáz de cozinha q explodiu e além de tdo isso carbonizou meu marido, não me dando o direito nem de olhar ele uma última vez. Vi na tv sobre o acidente e na hora pensei é o Fabiano, liguei p chefe dele e nada nem eles sabiam, até q vi fotos na internet das garrafinha no chão mas eu não queria acreditar, então implorei p chefe dele ir atrás dele e foi ai q eles descobriram q era realmente o Fabiano. E como contar p minha sogra e pro meu filho q esperava o pai p mostrar a prova de matemática q tinha tirado dez.Até hoje paro e olho p fotos dele e ainda penso q não é verdade, q não pode ser verdade!! Também fique c duas crianças, dois meninos um com 11 anos e outro q na época tinha completado 1 aninho. Essa é uma dor indescritível e só quem passou e vai passar sempre pode entender.Desculpe pelo desabafo mas tem mas como você tem momentos q temos q falar e falar. Deus te de forças da mesma maneira q peço p mim todos os dias, pois não é fácil ser tudo ao mesmo tempo.