segunda-feira, 1 de outubro de 2012

MUDE! (Diário da Mirys)

Dia 01 de outubro de 2012.

Segunda-feira. O fim do ano vem chegando (de novo!) e nós entramos em contagem regressiva pra dezembro chegar. E janeiro! Ah!... Em janeiro, "ano novo, vida nova". Em regra geral, só se o dia 1o de outubro for o seu aniversário (ou o aniversário de uma data especial) é que você dá bola pra ele. Caso contrário, ele passa... em branco... assim como outros quase 300 dias do nosso ano... esperando "o dia certo" chegar, pra tudo começar a ficar como você quer.

A dieta espera a próxima segunda.
A academia espera sinais de sol, piscina e mar, no dia em que começa o verão.
Aquela mudança de emprego, espera o 13o salário chegar.
O bilhetinho / cartão pra namorada espera o aniversário dela (ou, no máximo, o dia dos namorados).
Aquele avô espera a visita no final de semana.
Aquela garota incrível espera a sexta-feira, às xx horas da noite, pra receber o telefonema.

Por que estamos sempre esperando pra transformar nossas vidas naquilo que nós gostaríamos que elas fossem??? Por que a mudança de rumos, de metas, de vida nos causa tanto apavoro? Por que insistimos que nossa vida siga um "script" pré determinado por alguém, do tipo "só pode se ter filho se tiver o emprego dos sonhos antes e muito, muito dinheiro no banco", "só pode viajar pra longe, se for de avião + hotel bacana", "só pode casar se a casa estiver terminada, mobiliada, quitada"?

Tem gente que tem a vida inteira organizada, tipo planilha de excell: de tantos a tantos anos - terminar zoologia. De tantos a tantos anos - namorar sem seriedade. De tantos a tantos anos - trabalhar na empresa X, visando o cargo Y, em 4 anos. De tantos a tantos anos - investir num relacionamento. De tantos a tantos anos - ter 2 filhos (ou 1!).

E daí se a sua vida, às vezes, sair do script? E se o emprego dos seus sonhos aparecer, enquanto você ainda não terminou aquela pós que você tinha programado fazer ANTES daquele emprego? E se o primeiro filho nascer quando você estiver no 2o ano de casamento? E se aquela pessoa incrível aparecer enquanto todos os seus amigos estão solteiros, enquanto você não terminou a faculdade, enquanto você não fez uma viagem de formatura (porque "todo mundo" faz uma viagem com os amigos - solteiro)?

Se você fez um plano pra sua vida, se quer fazer tudo como todo mundo, pra ter as mesmas experiências, pra se encaixar, pra contar as mesmas estórias numa rodinha, numa sábado à noite, ok! Mas, pra mim, se uma oportunidade impar, cai de paraquedas, no seu colo, e você deixa de aproveita-la porque... bem.... ainda não era a hora pra ela acontecer, então não está "ok". Estão "não ok"! Pra que ter uma vida igual a de todos se a sua, por uma oportunidade rara do destino, pode ser muito melhor? Só pra se moldar? Acho bobeira...

Não tem coisa mais gostosa do que receber um presente que vem assim, mesmo, de presente, de graça, sem obrigação nenhuma de ser ou acontecer! Você não ganha porque "é o dia de ganhar presentes". Você ganha porque alguém te ama, porque alguém lembrou de você, porque sim. Simplesmente porque sim!

Me diz se tem coisa melhor do que amigos (ou filhos, ou netos, ou qualquer outra pessoa querida) que chegam de surpresa, na sua casa, para uma visita sem compromisso? Ou aquela roupa linda que serve em você, antes do verão chegar? Ou receber bilhetes, torpedos, cartas, e-mails PRA VOCÊ, no meio de uma semana qualquer, sem nenhuma combinação prévia ou expectativa de que isso fosse acontecer?

Se a vida te deu a chance de fazer algo incrível, mas fora do script "comum"... MUDE!!! Faça diferente, ame diferente, trabalhe diferente, seja diferente! Nade contra a correnteza, nem que seja só por exercício (como dizia Cazuza). Mudar o plano pré programado e VIVER momentos únicos só pode te fazer bem!

E não espere a "data certa"! Porque você tem prazo de validade (sinto te dizer...), mas você não sabe quando ele chega. Então, mude e mude hoje!!! Apareceu aquele emprego que vai te desafiar (mesmo que seja diferente do dos seus amigos)? Arrisque! Ficou grávida no começo de um casamento / emprego / projeto de vida (e a gravidez vai mudar seus planos)? Curta! Se apaixonou pela pessoa mais incrível que você já conheceu (mas pensava ficar solteiro por xxx tempo, ainda)? SE JOGUE!!!

Se não aguenta o tranco, mude aos poucos... mas mude! É bobagem esperar que a sua vida seja diferente e sensacional, se você fizer tudo igual a todo mundo, se você não mudar! Tolo é aquele que espera a mudança, se ele mesmo continua a fazer tudo do mesmo jeito. E, vou te contar um segredo: coisas incríveis e surpreendentes não tem data certa pra acontecer!!! Caso tivessem, não seriam surpreendentes (e, dificilmente, seriam incríveis...).

Por isso, hoje é uma segunda, dia 1o de outubro. Mas poderia ser uma quinta, um domingo ou, até mesmo, um sábado. Podia ser o meio de algum mês. Não importa. Poderia ser Natal, ano novo, seu aniversário. Não faz diferença. O importante é você perceber as oportunidades incríveis que estão do seu lado e abraça-las com todas as suas forças, se elas te parecerem algo fantástico para se manter por toda a vida. A vida te convidou a mudar de rumos? MUDE! Quem sabe hoje, logo hoje, seja o primeiro grande dia da sua existência???

13 comentários:

Patricia disse...

Uau! Disse tudo o que eu precisava ler hoje!

Anônimo disse...

as vezes é tão difícil.
O desânimo, o medo do desconhecido.
Ai que vontade de arriscar.
Beijos
Silvia

DaniMoreno disse...

Mi... que texto lindo!

Adoro viver assim... deixando a vida me levar!
Claaaaro que planos são importantes... mas nada como surpresas no decorrer da vida. E o melhor que se faz com elas?? Aproveitar!! Serendipity!!

beijo, minha amiga linda!

Rafaella disse...

Que linda essas palavras...
Temos que agir hoje, fazer o que queremos hoje, não porque amanhã é verão, ano novo, natal ou qualquer outra coisa...
Mas simplesmente por fazermos algo que gostamos e assim sendo mais felizes ainda...
Adorei!!!
Bjs

Sheila Mendes disse...

Adorei o texto Mirys, realmente perfeito para quem, às vezes, deixa as mudanças necessárias para "amanhã"!!!
Bjos.

Renatha disse...

Que texto é esse?! Adorei! Li e reli algumas vezes... parei em algumas partes... Eita coisa boa!

Beijos!

Andrea disse...

Mirys,
Há tempos leio o seu blog...
Hoje li seu post e a impressão é de que vc escreveu sorrindo pra vida...é perceptível a felicidade brotando dentro de vc!
Um beijo

Anônimo disse...

Amei, texto profundo, direto e objetivo. Vamos sem medo pras mudanças.
Bjo
Nanci

Milva disse...

Ai Mirys, tava tão precisando ler tudo isso que vc escreveu...
A mudança realmente está em nós mesmos! =)
Fique com Deus!
Vc fez meu dia mais feliz com essas lindas palavras! ;)

Megs disse...

Mirys, querida....
Com os olhos meio "embaçados" pq hj to meio sentimental (acontece uma vez por mes....kkkk) eu te agradeço por esse texto lindo....
Como serviu pra mim....
Vou passar pra muita gente que sei que precisa ler isso....
Amo vc, bjs

Ane disse...

Mirys, me encanto pelos teus textos! Cada vez mais me sinto sua amiga, daquelas que se conhecem a muito tempo. Adorei ler esse texto!E por querer que outros o leiam, vou compartilhá-lo :-)
Bjs , Deus abençoe vc!

Ps.: A sua história daria um belo filme, cristão por que não, é uma história linda e que com certeza tocaria muitos corações!

Claudia disse...

Mirys o seu texto está fantástico! Mas confesso que me bateu uma tristeza pensando nos planos e nos sonhos que foram junto com meu marido. Sei que tenho que seguir, mas ainda não me conformo.... beijos.

joyce disse...

Pq dificultamos tanto a vida??? Esperneamos como criancas mimadas qdo algo nao acontece como gostariamos e perdemos chances de curtir outros momentos inesperados e felizes....pq nao????