quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Hora H 24 - Louco por você! (Diário da Mirys)

Conforme ele tinha me anunciado, ele foi pra Atibaia, atrás de mim. Uma cidade a uma hora de distância de onde ele estava. E ele tinha 12 horas de “descanso” até que o chamassem pra voar, de novo. Então, tudo que a gente tinha eram 10 horas. E muita coisa pode acontecer em dez horas!!!

Ele chegou, me mandou o torpedo elogiando minha roupa, procurou alguns amigos de Jaú que estavam por lá, e ficou na dele. Almoçou, conversou, riu e passou a tarde com outras pessoas. Enquanto isso, eu levava as crianças pra andar de trenzinho ou na piscina ou contava estórias ou brincava no parquinho ou conversava com uma amiga, esperando os pequenos terminarem o sorvete. Já tinha passado por ele, dito “oi” e só. Nadica de nada a mais!

De repente, num momento entre sair do quarto, ir pro parquinho, voltar pro quarto buscar alguma coisa, voltar pro parquinho, eu acabei passando perto de onde ele estava, cercado de vários amigos nossos. E a conversa deles era a seguinte (não deu pra eu ouvir, ele que me contou, depois): “H, chega de ficar sozinho, né? Você precisa arrumar alguém... alguém bacana, que valha a pena, que curta suas crianças. Alguma namorada!” E estavam na maior discussão, citando miiiiiiil nomes de miiiiiiil pessoas do nosso círculo, como possíveis namoradas para ele, quando eu passei. E uma das nossas amigas disse: “Já sei! A Mirys! Olha lá! Ela é bonita, é legal, gosta de crianças, é perfeita pra você!”. Então, ele não conseguiu responder o “não... nada a ver...” que estava respondendo para todos os outros nomes que sugeriam pra ele. Ele sorriu. “A Mirys? Sério?” “É, H, a Mirys! Não seria legal?”

SEM SABER dessa conversa, quase uma hora depois eu consegui 5 segundos livres e parei com o pessoal todo (que ainda estava ali, batendo papo), pra conversar. Discretamente... saiu um... saiu outro... saiu o terceiro... e, aos pouquinhos, ficamos eu e o H. Só. Então, ele riu e me contou do processo seletivo que estavam fazendo pra namorada dele. Eu ri.

“Mas, EU já escolhi, né Mirys?...”

Fiquei branca! Passada! Não podia ser verdade... Ele estava ali, na minha frente, olhando pra minha cara e insistindo nessa ideia de que me queria para namorada!!! Sem nunca ter saído comigo antes!!! Independente de tooooodo o meu “pacote completo”!!!

E eu, que tinha certeza de que, quando ele olhasse pra mim, ele desistiria... fiquei sem ação.

E minha irmã me chamou: as crianças precisavam de mim, no quarto. Eu tinha que escolher as roupas da noite ou qualquer outra bobagem dessas. Mas, eu aproveitei a deixa, me despedi e parti.

Certeza que ele iria embora, agora. Cer-te-za! Qualquer cara, no lugar dele, iria. Mas ele não era qualquer cara... e quando eu subi pra jantar, vi que ele ainda estava por lá. E ficou até de noite, após a programação. E me mandou um torpedo: “será que eu consigo conversar com você, de novo? Porque não te falei o que eu vim te falar... Só preciso de 5 minutos.”

Eu esperei toda a programação acabar, desci pro quarto, coloquei as crianças na cama e respondi. “Se você ainda estiver por aqui, AGORA eu posso conversar. Mas as crianças estão sozinhas e eu não posso ficar longe do meu alojamento. Então, se você quiser, me encontre aqui na frente.” Ao lado da piscina. Debaixo de um poste de luz! Porque eu não podia correr o risco dele me beijar... eu não podia beija-lo... eu não estava com tudo resolvido... Então, pra evitar qualquer problema, eu dificultei ao máximo! Mas, pelo visto, “Amantededificuldades” deve ser o sobrenome dele...

Ele foi onde eu tinha pedido. Na frente do meu alojamento (onde estava o resto da minha família!). Ao lado da piscina. Debaixo do poste de luz. E começou a conversar comigo como se tudo aquilo fosse a coisa mais natural do mundo. Me senti ridícula por estar fazendo um homem de 40 anos passar por tudo aquilo e saí da porta do quarto. Fomos para a lateral da piscina (eu ainda podia ver as crianças, mas estávamos menos expostos) e... só conversamos.

Além de TUDO, o H tinha palavra: “eu não falei que eu não ia te beijar? Eu não vou. Eu quero. Muito! Mas eu não vou. Eu só vim conversar e te dizer ao vivo o que já devia ter dito há muito tempo: Mirys, namora comigo?

“Mas H... de onde surgiu isso? Você nunca me olhou, a gente nunca teve nada, eu não sou o seu estilo de garota, você nunca ficou comigo... como assim você quer NA-MO-RAR comigo?”

“Mirys, eu não sei o que aconteceu, de uns meses pra cá. Mas eu só sei que eu sou LOUCO POR VOCÊ...”. Alguém aí lembra de alguma oração que eu fiz???

Cenas do próximo capítulo aqui.

12 comentários:

MariseMaia disse...

anciosa por mais um capítulo..rss

Fernanda disse...

Esdtava ansiosa pelo próximo capítulo... Muitos dias sem nada... rs...
Que bom que terão dois capítulos em um só dia... Será que o tão esperado beijo ainda sai hoje!?
Muito linda a história de vocês!
Beijos

Vanessa Santos disse...

Ahhhh que lindo!!!
Quero mais mais e mais haha
Beijos

Morena disse...

E eu toda hora louca aqui procurando o post!!! rsrsrs

Ps: Li o post do presente social e estou pensando em aplicar isso em breve!

Beijos saltitantes

Um espaço pra chamar de meu disse...

ops, esqueceu de me marcar, mas eu vi, rsrsrsrsrs... menino determinado esse, qto mais difícil melhor... era o lema dele!!!
Adorei!! Próximo!!!!

Carina Ferro disse...

Miriane,
Vc é a garota mais difíil que ja conheci na vida!!!
Meus sais!!! Eu já teria corrido pra ele no primeiro torpedo quando ele falou da roupa...

Que sorte que ele é insistente.

Louca pelo próximo capítulo!!!!

beijos

Thais Markevich disse...

Que fofos!!! :)))))

Flávia disse...

Miriane, estou acompanhando seu blog e adorando. Há anos não nos vemos nem temos contato mas te admiro muito. Estou doida para saber como tudo chegou ao fim que já sei... Parabéns pelos filhotes. Qq hora nos encontramos para os primos se conhecerem( tenho um casal tambem). Beijos, sua prima Flavia (filha do Beto).

Ana Beatriz Santos disse...

tenho fotos pro mamarazzi week!!!
ja genho 3!!!



http://mordalingua.blogspot.com.br/

Fernanda Dionisia disse...

lindo.... sem palavras(romantismo a moda antiga)♥

Carolzinha disse...

Que menina complicada...ainda bem que o H não desiste fácil, porque será que oramos e depois ficamos dificultando a resposta dela!??!?rsrs

Bjoss!!

Sheila Mendes disse...

Estou aqui suspirando por esta história!!! srsrsr