quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Hora H 18 - How could I keep the eye contact? (Diário da Mirys)

Nos dias seguintes àquele pedido de namoro escrito, o H me mandou um milhão de torpedos por dia. Exagero? Talvez... acho que, na verdade, eram só uns 200 por dia. Sério!!! A gente se falava o tempo todo, sobre tudo. E isso já acontecia há um tempinho, mas quando nós éramos “só amigos”.

Só que, agora, o tema da conversa tinha mudado e, vira e mexe, no meio de uma troca de sms, vinha uma mensagem do tipo “não consigo parar de pensar em você”. Meus sais!!!! Eu não estava preparada pra isso, pra alguém tão interessado assim em mim! Era uma delícia e eu já vinha pedindo por isso fazia tempo, mas... o H? O H sempre esteve lá, perto da minha vida, eu perto da dele, e eu nunca (smack, smack – beijo nos meus dedos, pra mostrar que é promessa prometida) tinha pensado na possibilidade e, agora...o H??????????

A ideia de discutir ao vivo sobre essa hipótese de um “nós” me assustava... A gente já tinha saído cinco vezes juntos. Naquele dia em que ele me passou o antídoto do repelente; no dia da briga da ex namorada do meu não namorado; no dia da proposta das Filipinas; no reveillon em que eu quase fiquei sozinha e mais uma vez em que ele tinha me ligado e dito que precisava muito conversar comigo. Fazia poucos dias. Eu, que achava ser só amiga dele, fui. Conversamos a noite toda, foi delicioso, mas a tal “conversa” que ele precisava ter comigo não aconteceu. HOJE, eu sei que não (porque hoje eu sei que ele queria me dizer o que estava sentindo). Mas, na noite, eu achei que ele só queria conversar amenidades, mesmo. Nem o abraço beeeeeeeeem demorado que eu ganhei quando fui entrar no meu carro, nem o olhar arrastado que eu recebi depois do beijo (no rosto) de “até breve” me fizeram perceber o óbvio...

Eu sei que eu tinha orado e pedido para me interessar só por quem tivesse alguma perspectiva de “ficar na minha vida”. Não queria ninguém pra amanhã, nem na próxima semana, que eu não era tão irracional ou ingênua assim. Só não queria investir meu tempo e emoções em alguém que não fosse pra ser... entendem? É claro que o ex me mandava mensagens, também... é claro que o moço da pausa também escrevia, diariamente... mas o H me “bombardeava” com torpedos e não tinha COMO não pensar nele!!! Pro ex, eu nunca respondia. Com o moço “não namorado” eu falava de amenidades, tipo o tempo, o trabalho, a programação (separados) do final de semana. Com o H eu falava sobre tudo: trabalho, estudos, vida, filhos, tempo, comidas, viagens, sentimentos, confusões de viúva (ele já conhecia a minha história, lembram?), sonhos, e, de repente, quando eu estava tão entretida conversando com o meu “amigo”, vinha algo do tipo “queria estar perto de você, agora” e uma tempestade se formava na minha cabecinha... O final de semana estava chegando e eu estaria em Jaú + ele estaria em Jaú + ia acabar rolando a tal conversa ao vivo + eu teria que subir no salto, manter o “eye contact” que o H tinha me ensinado a ter... só que com ele!!!!

Como eu poderia manter contato com os olhos do H, após a surpresa do pedido de namoro?

Como eu poderia manter contato com os olhos do H, e saber que, dai pra frente, eu não poderia mais fugir dos fatos, que até então eram apenas hipóteses absurdas?

Como eu poderia manter contato com os olhos do H, sem acreditar no que estava estampado?

Como eu poderia manter contato com os olhos do H, se as coisas começavam a ficar completamente explicitas?

Como eu poderia manter contato com os olhos do H, sabendo que agora tudo estava escancarado, pra quem quisesse ver, inclusive pra mim, que ele queria ficar comigo?

Como eu poderia manter contato com os olhos do H, ciente que eu não teria como escapar mais do assunto?

Como eu poderia manter contato com os olhos do H????????? Como? Como? Como?

Não poderia.... Então, quando o final de semana chegou, eu resolvi fugir!!!

Cenas do próximo capitulo aqui!!!

16 comentários:

Vanessa e Josiane disse...

Oba!! Dois dias de posts seguidos! Vai fazer a alegria dos (as) leitores(as)! hehehe

beijos aqui do sul!

LuA disse...

tan tan tan tan ESTOU CURIOSA E ANCIOSA MAIS AMOOOOOO UM SUSPENSE VAMO QUE VAMO!!!!

Geisielen disse...

A meu Deus! Qdo a gente pensa q tá chegando perto vc "foge" dona Miriane? Tenha dó! PRECISO de pelo menos umas 3 ou 4 postagens por dia, please!

disse...

Aiiii vc quer matar as suas leitoras de anciedade!!!

Como assim vc "foge"... concordo com o a Geisielen preciso de umas 3 ou 4 postagens por dia... entro no blog compulsivamente!!! :D

Bjssssssss

Patricia disse...

Fugiu??? Como assim Miriane?! rs

Ju Louseiro disse...

OMG! Quero continuaçãooooo!!! Saudades de comentar aqui =)

Bjs

Claudia disse...

Olha eu acho que eu tb não saberia o que fazer, aliás como sou tb viúva vivo dizendo que nunca mais quero alguém e tal... mas do jeito que foi com vc eu não sei como iria reagir...

Thais Markevich disse...

Mirianeeeeeeeeeee, casa com este H.omem!!!!!! Brincadeirinha, vc já casou!!! ;)))))))))))
bjos, bjos ,bçãos,bçãos!!!!!

Alinne disse...

como assim voce fugiiiiiuuuu?????? pode contar logo kkkk

Psicolouks disse...

Afffff, tá uma novelinha gostosa!! rsrsrsrs

Megs disse...

que delicia (de novo).... to amando essa estoria e ansiosa pra ver o final feliz, que g a deus sei que teve..... bjs e bençãos

Nana disse...

kkkkk...deu trabalho, hein sis?! Esse aí parece o meu: quanto mais trabalho a gente dá, mais eles correm atrás... delícia!!! Bj e fk c Deus.

Débora disse...

Ai meu pai... Fugiu !!!!

lili disse...

Quanta indecisão...Affff, cansei!

Morena disse...

NÃAAAAAAAOOOOOO, NEM VEM COM ESSA!!!
Sério que vc fugiu?!?
Tenso!!!

Beijos saltitantes
Bom fim de semana

Luma Rosa disse...

ô, pá! Você não linkou a cenas do próximo capítulo! :) Vou tentar achar!