quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Carta para minha filha (Diário da Mirys)



Nina:

Hoje, de manhã, você completou 6 anos. Seis anos é muita coisa, filha! Pode parecer uma bobagem, vindo de alguém que já viveu 37 deles (eu), mas eu sei o quanto você já fez e viveu, nesse tempo! O quanto você me ensinou...

Porque, antes de você, eu era só "mãe de menino". E isso era super divertido, mas era mais bagunçado, sabe? E, de repente, numa madrugada de setembro, nós ficamos, pela última vez, só eu e você (na minha barriga) conversando, enquanto os meninos dormiam na minha cama. Eu te contei todos os planos que eu tinha traçado, para todos os nossos próximos dias... que boba eu era! Você entrou para a família e tudo mudou!

A partir daquele dia, eu descobri que ser "mãe de menina" era um conceito completamente diferente!!! Porque você é totalmente feminina, filhota. Coisa que eu mesma nunca fui... Desde sempre você fazia beicinho, charminho, chorava em 2 segundos - de escorrer lágrima - se algo não saísse como você queria. E eu me perguntava: "como alguém tão pequenininho pode saber que, assim, com dengos, ela consegue o que ela quer?" Mas você sabia, mocinha! Você sabia bem mais do que isso... Praquela sua maneira feminina de ser, eu "inventei" um dos lemas da nossa família (que virou lema, também, lá na sua escola antiga, e que muitos dos nossos amigos usam, até hoje): "na nossa família, a gente não chora. A gente conversa!". Perdi a conta de quantas e quantas vezes, eu tive que olhar pra você, quando tentava me contar algo, em lágrimas, e dizer: "respira, filha. Respira. Isso. Agora fala."

Mas não se engane, filhotinha: chorar era seu jeito de fazer charme. Só! Porque você sempre foi uma das crianças mais felizes que eu conheço e está sempre, sempre rindo! E ah! Como eu amo esse seu sorriso!... Antes, bem banguelinha; depois, cheio de dentes brancos, que você exibe orgulhosa; a partir deste ano, com a sua primeira janelinha! Amei todos eles! Mesmo quando você insistiu em ser igual a mim sorrir de boca fechada. Seu sorriso, pequena, salvou meu dia por diversas vezes... Porque ele é contagiante, ele é gigante, ele ilumina a vida de quem estiver por perto, ele é lindo.

Com você, filha, minha vida ficou muito mais complexa e interessante, ganhando cores + brilhos + laços + babados! Quando eu achava que estava pronta pra ir para qualquer lugar, você me "cobrava" usar vestidos, brincos, saias, maquiagem, secador, bolsas, chapinha. E como isso me fez bem!!! A sua insistência me fez "tentar" essas opções e eu descobri que eu me via diferente (e o mundo me via diferente, também!!!), quando eu me arrumava. Nem que fosse só um bocadinho... Mas, o melhor eram os seus olhinhos brilhando e os elogios que você me dava, quando me via mais cuidada! Você aumentou minha auto-estima, pequena, e fazer isso, por uma mulher, é dar poder em suas mãos! Se eu voltei a achar que posso conquistar o mundo, filha, grande parte disso eu devo à você.

E eu te paguei, sempre, com beijos, abraços e carinhos. Muitos beijos! Muitos abraços! Muitos carinhos! Porque eu sou assim mesmo: beijoqueira. Rsrsrs. Também fiz tudo isso com o seu irmão e faço com todas as crianças que eu amo, na minha vida. Mas, você, filhota, você retribuiu! Toda-santa-vez!!! Acho (e espero!) que NÃO vai chegar o dia em que você vai dizer: "pará, mãe. Não me beije aqui, na frente dos meus amigos." Talvez seu irmão, um dia, me fale isso. Ele é homem. Homens não gostam muito de beijos, em algumas fases da vida. Normal. Mas eu tenho você, filhota, e nós poderemos trocar beijos e mais beijos até ficarmos beeeeeeeeem velhinhas! Porque, se Deus quiser, eu vou te ver ficar velhinha, filha...

Essa é a minha oração constante, pequenininha: que eu possa ver vocês crescerem, fazerem seus círculos de amigos, terem suas famílias, mimarem seus netos. Sim, filhota, eu sou exagerada: eu quero ver os SEUS netos. Quero ver você cuidando e curtindo cada um deles. Se eu vou conseguir? Não sei... ninguém sabe... mas essa é a minha oração!

Eu não oro porque eu tenho medo de você ficar sozinha, filha, pois eu não tenho mais medo disso. Quando você ficou órfã de pai, aos 3 anos, eu tive muito, mas muito medo mesmo de ir embora, também. Eu achava que vocês não sobreviveriam sem mim! Mas Deus me ensinou, nesses três últimos anos, que vocês só não vivem sem Ele. E se vocês estiverem com Ele, vocês estarão bem (independentemente de quem mais esteja ao seu lado). Então, hoje eu oro para que vocês sempre tenham Jesus em seus corações... e para que eu fique aqui, vendo vocês viverem a vida que Ele planejou pra vocês (essa é a parte egoísta da minha oração... mas, fazer o que? Eu sou humana).

Obrigada, filha, por ter me ajudado a insistir e insistir em um "final feliz" pra nós (ainda que esse seja só o "meio" da história)! Obrigada por me fazer ver, antes de qualquer outra pessoa, o projeto que existia para a nossa família! Obrigada por me falar "eu te amo", até quando eu não merecia ouvir! Obrigada por se sentir toda orgulhosa quando alguém fala que, por fora, nós somos muito parecidas... isso faz eu me sentir enorme!

Que nessa sua vida, filhotinha, você possa continuar a distribuir amor por aí! Que a sua solidariedade não se resuma aos "presentes sociais" do seu aniversário ou à divisão das coisas que você mais gosta com os seus irmãos. Que essa sua doçura continue, que seu coraçãozinho transborde de ternura pelos outros, que seus beijos sejam infinitos, que seus desenhos e textos tenham cada vez mais palavras de carinho, que suas ligações aos seus avós e tios sejam frequentes, que seus vínculos com seus amigos sejam cada dia mais estreitos, que todo mundo continue a querer estar do seu lado porque você exala alegria!

Espero que você nunca pare de cantar e dançar, em qualquer lugar, por qualquer motivo! Espero que a sua teimosia continue, mas só pras coisas boas. Espero que sua inteligência seja sempre assombrosa pra mim!

E espero, acima de tudo, que você continue a me ensinar que viver pode ser mais simples, mais alegre, mais sonhador do que eu acho. E continue a me mostrar que muitas coisas são melhores até mesmo do que estar em Paris e que uma delas é estar deitada do seu lado, na sua cama, dentro de um abraço seu!

Eu te amo, filhota!
Que Deus te abençoe hoje e sempre!!!!
sua MãMi

21 comentários:

Morena disse...

De ler com nó na garganta para n cair em prantos!!! Lindo lindo!!! ver os netos dos filhos é uma boa meta!!!
Parabéns, gatinha Nina, muitaaaaas coisas boas!!!

Beijos saltitantes a todos

Ana Paula disse...

Parabéns Nina!
E aprender com os filhos, Mirys, é amor, puro amor.
Felicidades para a linda família que vocês são.
Beijos

Vanessa e Josiane disse...

Lindo, lindo, lindo. Como não se emocionar? Muito disso eu diria também para o meu filho.

Parabéns Nina!

Tami Fonseca disse...

Que lindo post...
Parabéns princesinha.
Bjs

LuA disse...

se eu já estou chorando horrores, imagina ela quando v essa carta?! alias toda vez que abro o seu blog é assim, nem acreditei na sua historia li e reli pra acreditar (passei uma tarde inteira) quando vejo as fotos da familia choro, meu Deus, que Deus possa te dar VIDA E SAUDE, para que você possa VIVER e AMAR seus filhos, seus netos e porque não bisnetos bjos

Josilene disse...

Amei! sem palavras.

Anônimo disse...

Parabéns Nina!
Odila
p.s. parabéns pra você também Miriane

Nana disse...

Belíssimo texto e belíssima homenagem para sua filhota...parabéns pra ela e q Deus continue derramando as mais ricas bençãos dos céus...bj e fk c Deus.

Bianca Bonato disse...

São as palavras mais lindas que li na minha vida!

Parabéns pelos filhos abençoados, vocês merecem tudo de bom nessa vida.

Bjs

Renata Marques disse...

É por essas e outras que passo sempre por aqui, me faz bem! Como pode alguém com apenas meia dúzia de anos fazer esse "estrago" todo na gente? Parabéns para e pela filha.

Turquezza disse...

Parabéns para filhota linda e para você também que a criou tão bem .......
Felicidades sempre para a família toda.
Beijos.

Alice Mânica disse...

Linda carta, pra uma linda menina!
Parabéns pra Nina!!!

DaniMoreno disse...

que lindo texto, amiga!!
Parabéns pra Nina... que todos os seus dias sejam mágicos, cheios de sonhos, realizações e alegrias!

beijo grande na bochecha das duas!

Claudia disse...

Não tenho palavras Mirys, simplesmente lindo. Parabésn Nina e parabéns à vc Mirys por torná-la tão doce, pq muito se deve a vc. Beijos.

Fernanda Dionisia disse...

Li com nó na garganta para n cair em prantos!!!Como não se emocionar com essa linda declaração?

Parabéns Mosqueteira Nina pelos seus 6 aninhos bem vividos,como a Mãe mosqueteira Mirys revela na cartinha.

Felicidades e muitos beijinhosssss

Das coisas que vejo e gosto. disse...

E aí... E chorei!

Muita saúde pra mamãe e filha!

Beijos

Selma

Thais Markevich disse...

Que lindo, Miriane, a-do-rei!!!Estou aqui chorando, com osempre!! Beijos, Thais

disse...

Amo seu blog! É impossivel não parar um minuto que seja pra ler suas mensagens. E essa carta... linda!!!! Deus continue abençoando muito vcs!!

Dani disse...

Um texto cheio de sinceridade e cheio de amor, como tudo que vem de vc.

Nina, um feliz aniversário. Que sua vida seja muito feliz.

Beijos

Megs disse...

Parabens, querida Nina....
Tenha certeza que vc é uma pessoa muito especial pra Deus, afinal Ele a presenteou com os pais maravilhosos que vc tem (me recuso a falar no passado, pois pais sao pra sempre e eternamente vivos e nos)....
Felicidades sempre....
Bjs e bençãos

Ilmara disse...

Parabéns Nina, que Deus te abençoe e te guarde sempre. Muuuuitos anos de vida!!!

Linda declaração de amor Miriane. Que Deus continue te abençoando com muita sabedoria para conduzir os seus pequenos. Bjão pra vcs. Adorei a foto das duas.