domingo, 4 de dezembro de 2011

O que eu aprendi em 2011 by Lu Carnevale

Minha amizade com a Lú começou com um motivo bem triste e bem simples: a vida trouxe pra ela as mesmas surpresas complicadas que trouxe pra mim. Só que num momento diferente: a Lú estava grávida, de 8 meses, do primeiro filhinho dela e do Anderson, quando... veio a vida... com seus imprevistos... mudando os nossos planos... e a Lú se viu sozinha! Imaginem fazer projetos de nome, quarto de bebê, vacinas, primeiras fotos de pai e filho, numa semana... e, poucos dias depois, quando o seu bebê nasce, você fazer planos de como vai criá-lo sozinha, como vai contar a história de vida de um pai que ele nem chegou a conhecer, como não vai ter nenhuma foto dos seus dois amores na vida para mostrar... Eu não consigo imaginar!

Agora, imaginem uma pessoa forte, que soube se reinventar, que superou obstáculos, que foi muito amada (e continua sendo) e que usou todo esse amor para tocar a vida pra frente! Essa é a Lú! Alguém que trocou de vida, de estado civil, de casa, que virou mãe, que chorou e sorriu, que fez a festa de um aninho do pequeno do jeito mais lindo do mundo!!!!

É com muita honra que eu falo pra vocês: conheçam essa minha amiga! Ela é direta e objetiva! Ela não tem tempo a perder! Ela vive, ela escreve, ela ama - agora! Simples assim! E ela vai te ensinar, agora, num texto curto e simples (como tudo nela), uma das maiores lições da vida. Senhoras e senhores, com vocês, Lu Carnevale:

"Em 2011, aprendi que, por mais turvos e escuros que nos pareçam os dias futuros,
há uma força e uma luz iluminando o chão que pisamos, nos impulsionando, nos empurrando para frente de tal forma que, quando nos damos conta,
realizamos muito mais do supunhamos ser possível no momento mais difícil da nossa vida".
Lu Carnevale (asperdaseoluto)

O blog que a Lú começou a escrever para ajudar a processar toda a viuvez, hoje, é restrito a convidados. Chama-se "As perdas e o luto". Você quer ter a honra? Mande um e-mail pra ela: asperdaseoluto@gmail.com. Eu te digo: vale a pena! A gente revê toda a vida e coloca as prioridades nos seus devidos lugares.

8 comentários:

Rafaella disse...

Uma grande lição de vida tbm...
Que bom que vc a conheceu e puderam compartilhar dores e alegrias, afinal amigos são para isso...
Bjs

Vanessa Castro disse...

Olá Boa Tarde!

Futura mamã sou Portuguesa e moro em Lisboa, exatamente em Campo de Ourique, então pensei em Criar o 1º Encontro para as Futuras Mamãs e Actuais Mamãs que moram em Lisboa, que seria aqui em Campo de Ourique, combinarmos nos encontrar aqui num café e lancharmos, trocarmos experiências e ser um convivio amigável.

Que tal?
Gostaria de saber se concordas e se podes estar presente, têm de ser este mês e poderias arrumar mais amigas para virem também, que estejam gravidas ou já sejam mamãs?

Espero pela tua resposta no meu Blogger vou colocar lá o anuncio ok?

Muitos Beijinhos e Obrigada

Idê Maciel disse...

Ihhhhhh Mirys, fui no endereço ai que vc deu, mas não deu certo. Queria tanto conhecer o blog dela! bjim

Idê Maciel disse...

Mirys acho que não me identifiquei no comentário anterior. O endereço da Lu não deu certo aqui está correto mesmo?

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Lu, meus parabéns por sua fibra e por sua fé na vida. Deus nunca nos oferece uma carga maior do que possamos carregar.
Muito lindo tudo isso.
Manoel.

Debby disse...

Oi Mirys... nossa emocionante.
Como já disse você é um exemplo para mim me separei quando o João tinha apenas 2 meses. E foi muito traumatico e doloroso para mim
E você e seus mosqueteiros.. superando seus obstáculos me fez ver que a vida continua e que somos sempre capazes de superar as dificuldades da vida, por maiores que elas sejam
Obrigada a você por existir ...
E a Deus por ter te colocado no meu caminho de alguma forma.
Sou fã de vocês..
Bjs azuis
Debby :)

Ju Louseiro disse...

É bom qdo a vida coloca pessoas assim nas nossas vidas, neh?


Um beijo =)

www.fuxicodenoiva.com.br

http://casamentodossonhos-juefe.blogspot.com

Anônimo disse...

Lu
como posso acompanhar o seu blog?
Na verdade quero dividir com uma amiga que ficou viúva em julho e está precisando de apoio.
manuelabranco@terra.com.br