quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

O que eu aprendi em 2011 by Daniele Brito

Mais uma Dani na minha vida. Outra Dani virtual (tenho Danis reais que eu também A-M-O!). De novo, uma Dani que mora no sul (o que significa "longe de mim!"... droga!). Outra belíssima surpresa dessa blogsfera!!!!

Conheci a Dani Brito nesses dias em que você lê um post legal, que fala de um outro blog, você entra no outro blog, lê outra coisa legal, para num terceiro blog e assim vai... Só que no "Balzaca Materna" eu tive que parar e ler muita coisa (não tudo porque a Dani já é das antigas e já tem muita coisa ótima escrita!). Perdi horas!!! Porque essa minha amiga escreve bem demais, sobre assuntos interessantes, e ela sempre sempre sempre me faz pensar sobre a minha vida, as minhas atitudes, as minhas prioridades. Como dizia aquele comercial de carro: com a Dani, eu "revejo meus conceitos"!

Ela já me inspirou para muito do que vocês leem aqui! Já foi motivo de começar conversas na vida real! Já me fez mudar de atitude com relação a filhos, pais, relacionamentos!!! Porque a Dani é simplesmente assim: intensa, objetiva, terna, ponderada, questionadora, amável, e apaixonada pela família dela! Dá pra não crescer, lendo uma pessoa dessas?????

Então, com vocês, senhoras e senhores, com muito orgulho, eu apresento minha amiga Daniele Brito!!!! Aproveitem!

Não há nada mais excitante, estimulante que uma folha de papel em branco, um caderno novinho esperando que lhe preencham as folhas, subir os degraus com a expectativa de saber onde eles nos levam. Fim de ano é encerrar um ciclo e se preparar pra algo extraordinariamente novo.

O meu maior aprendizado, ao longo desses (quase) trinta e dois anos foi mais intenso com a maternidade. Já que ela desmistificou minhas certezas, me fez olhar pra trás e me ensinou a lidar com as diferenças. Longo exercício de humildade entre mim e meu marido, entre os filhos e entre mim e eles.


Aprendi que não devemos subestimar a capacidade de aprendizado e percepção de uma criança. Elas veem tudo de uma maneira muito particular e incorporam o que está ao seu redor com rapidez.

Aprendi que errar não é o maior problema e sim, permanecer arrogantemente no erro e julgar o outro.

Aprendi que escrever não só liberta, mas tem um poder incrivelmente agregador. E que por trás de uma tela de computador existem pessoas sensíveis, prontas pra te ajudar, consolar e alegrar. Sim, existe amizade pixelizada!

Percebi o quanto meus filhos são diferentemente parecidos e que preciso ser generosa o bastante pra dar o amor correspondente a cada em suas diferenças. Que preciso acolhê-los antes de padronizá-los. A forma foi a mesma, mas os ingredientes não.

Agora, o mais marcante pra mim neste ano de 2011, foi o meu resgate. Voltar a pensar em mim e fazer coisas por mim, embora pensando neles. Voltei pro curso de graduação (ainda) que deixei inacabado anos atrás e aprendi que por mais cansada que eu possa estar, eu consigo dar conta. Que filho não é impedimento, mas mola propulsora. Aprendi ainda, que tudo bem não dar conta de tudo, desde que possa me entregar sem reservas no que me propuser a fazer. Ora mediana, ora , o importante na vida é não se contaminar com a mediocridade.

Estou aqui, esperando o ano virar, o cronômetro zerar, para começar a preencher o caderninho da vida outra vez. Novos capítulos, continuação da mesma história, com inesperados elementos literários. E se algo não sair como previsto, culparei o meu Eu-lírico. Ou não culparei ninguém.

Um brinde à leveza da vida.

E aí, não é mesmo apaixonante ler a Dani???? Então, passa lá no "Balzaca" e leia outras coisas incríveis que ela já escreveu!

Daninha, um milhão de obrigadas por participar da nossa série! Adoramos!!!!

8 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Dani, a Mirys tem razão. Você não deixa a "peteca" cair. Está sempre de boa.
Muito legal esse seu texto e ensina muito sobre o nosso dia a dia. Principalmente o conviver. Achei muito legal essa frase do texto:
"Sim, existe amizade pixelizada!"
Os pixels me disseram que estão muito felizes pela citação e prometem dar um brilho muito mais nítido na sua tela. E nós, amigos virtuais, prometemos dar um brilho mais nítido na sua vida.
Grande abraço.
Manoel.

Sheila Mendes disse...

Oi Mirys, tudo bem?
Adorei o texto da outra Dani, rsrs
Ainda não conhecia o blog dela, mas já vou correndo dar uma passadinha por lá.
Ah, você recebeu meu e-mail com o texto?
Bjos.

Deh Gebran disse...

muito bom!!! tenho aprendido muito também com essa brincadeira de escrever... estou encantada com sua história!! bjinho

Carol Damasceno disse...

Parabéns.... Sou nova aqui, mas velha lá...kkk
Adoro o Balzaca, mas é a primeira vez que visito vocês e adorei...

Estarei aqui sempre..

Se quiser e se sentir a vontade, vá conhecer meu cantinho
carol-damasceno.blogspot.com

Beijos
Carol

Pira For Kids disse...

Olá! Estamos tentando entrar em contato com você, mas não achamos seu e-mail.

Gostaríamos de lhe fazer um convite, por favor nos escreva:
piraforkids@gmail.com

Lana Ludmila disse...

Gente... Esse texto mexeu comigo! Parabens, Mirys, pela iniciativa maravilhosa de trazer convidados ilustres e parabens Dani, pelo texto que me fez pensar...
Sim, é possível fazer amigos virtuais.
Sim, é possível recomeçar todo ano, todo dia...
Ainda não tenho filhos, mas pretendo engravidar no próximo ano, porque a maternidade já está me chamando... Sei que a vida muda, mas não é necessário esquecer de mim para cuidar deles! Só tenho a agradecer por ter começado o dia com uma leitura tão gostosa e animadora. Que 2012 venha cheio de energias boas e que os capítulos que iremos escrever possam nos guiar rumo ao crescimento espiritual, que é o mais importante!
Um beijo carinhoso e sincero.

Dani disse...

Queridos, obrigada. É muito bom estar na casa dos nossos amigos tendo oportunidade de conhecer mais gente bacana e do bem, ampliando nossa roda de discussões.

Desejo a todos vcs um 2012 leve e cheio de boas surpresas.

Beijo grande

Um espaço pra chamar de meu disse...

Eu gosto demais da Dany, fico um tempo sem visitar o Balzaca e depois fico comentando por pencas, pois não consigo parar de ler...é uma querida q conheci no Twitter e trago no coração...
Lindo texto,sempre sincera e suave...
Grande bj nessas duas lindas!!!