terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O que muda, em um ano? by Ana Vi

Como a Ana Vi veio parar nas nossas vidas? Não sei ao certo... Acho que foi por causa de acontecimentos tristes, que nós nos ligamos... Mas, não importa como começou e sim como continuou! Ela fez um comentário no Diário - eu visitei o blog dela "filha de José" e fiz um comentário - ela veio aqui e fez outro - eu fui lá e fiz outro - repete, repete, repete. Depois de um tempo, acabamos nos conhecendo bastante e eu descobri que a Ana tinha uma coisa bacanérrima em comum comigo: a paixão por fotografia (anavifotografias.blogspot.com)!!!

Só que quem é séria e determinada faz acontecer! E a Ana Vi criou um blog de fotografia chamado "Fotos de Quinta", que era um desafio muito divertido e interessante: fotógrafos amadores postavam, toda quinta feira, uma foto deles, sobre um tema que ela decidia! Isso e mais um monte de informações legais sobre fotos, nos outros dias da semana! Sucesso total!!! Virou até página do facebook (coisa de gente chique)!!!

Por isso, se você gosta de textos lindos e/ou de fotos inspiradoras, você não pode perder os blogs dessa menina!!! Quer uma amostra? Então, vou sair de campo e deixar a Ana Vi falar o que muda, numa vida, num ano!!!



Falar das mudanças deste ano.
Bem...
Vamos lá.

Escolhi três palavras para sintetizar:
Saudade. Decisão. Sonhos.

Saudade.
Quem acompanha o blog Filha de José sempre lê textos falando sobre saudade.
Saudade é um substantivo abstrato que fez parte da minha vida durante todos os dias desse ano. Isso é uma mudança? Aparentemente não. Talvez nos anos passados a saudade era diferente, de outras pessoas, de lugares. Mas desde fevereiro de 2011 ela tem outro significado em minha vida. Em fevereiro de 2012 fez um ano que José se foi. De uma forma ou de outra precisei aprender a lidar com essa ausência. A saudade, em muitos dias, dói, dói demais. Esse ano ficou mais doída ainda, pois em 10 de dezembro de 2011, 8 meses depois da partida do José, o tio também se foi. Não esperávamos isso. Ele era o nosso apoio e sustento na falta do José. Então foi assim, entrei no ano de 2012 com o coração cheio de lacunas em que a saudade habitou e ainda habita.

Decisão.
Se você não decide, alguém decidirá por você. Já ouviram essa frase? A todo instante temos que tomar decisões. Vou de saia ou de calça? Almoço ou faço um lanche? Envio mensagem ou ligo? Enfim... essas decisões são simples, mas são decisões. A decisão que mudou minha vida neste ano foi uma mais séria, porque envolvia não só eu e minha vidinha, mas também a vida de outras pessoas. Após construir um relacionamento de quase 3 anos, decidi que não queria mais. Foi uma atitude pensada, repensada mil vezes. Não é fácil tomar decisões grandes assim. Hoje... passados 5 meses estou bem e não me arrependo dessa decisão. Aprendi que não preciso ficar ao lado de ninguém só para satisfazer a vontade do outro, ou até mesmo dos outros, uma vez que a sociedade impõe uma obrigação de que as pessoas solteiras mudem seu status para “Em um relacionamento sério com fulano de tal”. Aprendi a gostar mais de mim, a buscar coisas que me façam feliz. Foi pensando em minha liberdade e felicidade que tomei essa decisão.

Sonhos.
Em meio a tanto sofrimento por causa das perdas que eu disse no primeiro parágrafo, fui orientada pela terapeuta a não ficar parada, exercer alguma atividade. Eu concordei com ela, precisava mesmo de uma atividade nova em minha vida. Sempre quis fazer um curso de fotografia, ter uma câmera fotográfica mais potente, essas coisas assim. Fui lá comprei uma câmera semi-profissional e matriculei-me num curso de fotografia. Viajei, tirei foto na rua, no meio do mato, em eventos, em cidadezinhas... Também fotografei pessoas e mais pessoas. As pessoas começaram a gostar das minhas fotos, começaram a me convidar para fotografar alguns eventos, e lá fui eu! Tive alguns lucros, investi comprando uma câmera mais potente e outros acessórios. Com isso, arrumei mais uma atividade para essa minha vida muito agitada. E pra falar a verdade, tenho amado tudo isso. Se sonho ser uma fotógrafa top e profissional??? Sonho sim. Mesmo que isso não seja minha principal fonte de renda, eu tenho esse sonho. É um mundo mágico, gostoso, agradável. Procuro por sorrisos, por alegria, por momentos importantes a serem registrados...

Compartilho com vocês um pouco de meu trabalho fotográfico ao longo deste ano.









Ana Virgínia em pessoa!



E é isso aí! Espero que vocês tenham gostado, pessoal!!! E até o nosso próximo convidado especial!...

Ana Vi: super obrigada por ter participado conosco (e até trazido suas fotos lindas pra publicar aqui!!!)! Foi uma honra tê-la no nosso cantinho!!! Um feliz Natal e um ano de 2013 bárbaro para toda a sua família!!! Bjos e bençãos. Mirys

4 comentários:

Karina disse...

Que história linda! Vou conhecer o cantinho dela!!!

Bjos

Ana Vi disse...

Oi querida.

Agradeço a publicação da postagem.

Vou colocar o link dela lá no meu blog.

bjim

filhadejose.blogspot.com

Lana Ludmila disse...

Texto lindo. Fotos lindas. Sonhos e dores compartilhadas... Mais um ano passou e deixou muitas marcas. Bom é saber conduzir a vida para um lado melhor, mesmo com tantos contratempos... Estou adorando os textos! beijosss

Marcilane Santos disse...

Ana Virgínia é sem dúvidas uma pessoa muito especial! Soube lidar com perdas e conquistou muita coisa este ano. O que eu tenho a dizê-la é que continue assim! Sou sua fã e tenho muito orgulho de você Ana.

Beijos no coração e que em 2013 você continue nos encantando!!