quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Me perdoa? (Diário da MIrys)


Eu erro. Quase sempre. Você erra. Todo mundo erra. A gente entende uma palavra errada e reage de modo indevido; a gente vê um ato diferente e já julga; a gente se assusta com o desconhecido e acusa, pensando em se proteger; a gente não ouve todos os lados da história; a gente está irritado com outras coisas e acaba sobrando para a pessoa que a gente ama e que está na frente (filhos passam muito por isso); a gente perde a mão, extrapola, exagera; a gente erra.

Mas, existem palavras mágicas que podem mudar o destino de um erro, que tem o poder de passar uma borracha e deixar a folha em branco, de novo. “Me perdoa?” Não é lindo? Não é tocante? Nâo é um desarmar das próprias barreiras de proteção e mandar uma mensagem de “eu aceito você”?

Só que a frase “me perdoa” não combina com “mas...”

• “Me perdoa, mas você precisa entender...” significa que você está buscando a sua própria aceitação.
• “Me perdoa, mas eu tinha que fazer isso...” significa que você sabia que ia machucar e foi lá e fez. Do mesmo jeito.
• “Me perdoa, mas se você não mudar...” significa que você não está vendo o lado do outro.
• “Me perdoa, mas...” significa que você não aceita. Não 100%. Que a página não vai ficar em branco, mas vão haver marquinhas de lápis. Apagadas, é bem verdade, mas estarão ali...

Com o perdão verdadeiro não existe “mas”. Nem “porém”. Nem condições. Nem nada. Quando você está sinceramente arrependido o pedido de perdão basta. Se falar “me perdoa” e só não for o bastante, nem comece a frase... Porque perde o sentido!

Me perdoam por ter sido tão direta?
.

5 comentários:

Kinha disse...

Difícil quando tratamos mal, sem querer , aqueles que amamos. Dói mesmo...

Sheila disse...

Eie pessoal, hj q encontrei esse blog MA-RA-VI-LHO-SO e n poderia deixar de vir elogiar.
Me emocionei mto c a historia de vcs e já virei fã. Venho fazer visitas diárias =)
Ameiii!

Beijo grandeee

Carla Patrícia disse...

Myris...
E como é difícil perdoar sem "mas", né?

Beijos...
Carla Patrícia :P
http://pathyarteira.blogspot.com

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Mirys, tudo que é fruto de um pequeno descontrole ou explosão, o anjo da guarda já conversa com Deus e coloca o modo mais indicado de se pedir perdão naquela hora. Não há como negar um sincero pedido de perdão.
Você pode notar no início do meu blog, abaixo do cabeçalho, a seguinte frase:

“Tenha paciência, Deus ainda não me terminou...”

Pois é! Isso mostra que não somos perfeitos por aqui. Estamos sujeitos a grandes erros e pedimos paciência para podermos receber "grandes perdões".
Não acho isso chato, não. É normal.
O que não admito é sadismo e ruindade.
Beijos e bençãos.
Manoel.

Helo disse...

NOssa! Como erramos...
O pior é quando magoamos pessoas queridas e sem querer.
Concordo que com o perdão não pode ter mais, mas as vezes é difícil, não?

Eu estou em fase de aprendizagem, ainda engatinhando espiritualmente hehehe, por isso tenho que baixar minha cabeça e pedir muito perdão.

*_*