quinta-feira, 28 de junho de 2012

Vale pra mim... (Diário da Mirys)

Hoje recebi um comentário num post antiiiigo. E fui reler. E me fez pensar. Valeu pra mim, como aprendizado de vida. Espero que valha pra vocês, também.

Post: E podia ser diferente?

PS: Gisa, saudades de você, amiga!

PS2: nunca deixem de comentar por aqui, ok? Os comentários de vocês me fazem refletir sobre as minhas atitudes e crescer. Aguardem novidades para breve! ;)

4 comentários:

Luma Rosa disse...

Um comentário, uma palavra amiga, sempre nos anima... mais ainda quando chegam de pessoas que já nos conhece e que nos faz lembrar de um passado não muito distante. A gente fica pensando naquela pessoa que passou. Somos a soma de tudo e aquela pessoa praticamente não existe mais. Todo dia, devemos olhar para frente e deixar que o passado se dilua em nossa essência. Dias felizes!! Beijus,

Claudia disse...

Li seu post e deixei um comentário lá. Beijos.

Ana Virgínia disse...

Ai ai Mirys!
Fui lá e li o post.

Lembro-me que conheci seu blog mais ou menos em agosto ou setembro do ano passado, quando eu criei o filhadejose. Foi o primeiro dia dos pais que passei sem ele e migrei o meu antigo blog para este.

Lia suas histórias, chorava por ti, por mim...

E cada vez me inspirava em suas atitudes diante da dor.

A dor é real. A saudade traz lágrimas aos nossos olhos.

O diferencial é como respondemos a essa dor.

Não te digo que sou fortona. Não sou. Tive várias crises depressivas.

Alguns dias são terrivelmente tristes, meu coração não entente tudo o que aconteceu.

Mas sempre tento ficar de cabeça erguida e também viver essa alegria que é dom do Espírito Santo.

Bjo pra ti e para as crianças.

thais disse...

Mirys, sigo vc sempre, percebendo o seu trabalho , mas reli uma frase que ilustra o que eu sinto quando eu leio o que vc escreve: "Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."
Cora Coralina
Beijo
Thais M.
PS. Continuo achando seu pai o melhor!!!