segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Bronca (Diário do Guigo)

Eu tenho um problema de coluna. Fato! Meu avô tem, meu pai tinha e eu... eu sento torto. Eu deito torto. Eu jogo video-game torto. E a minha mãmi, que gosta de homens alllltoooooosssss fica o tempo inteiro repetindo: "cresce, Guigo!". E eu me estico. Por 5 segundos! Depois deixo minhas costas arquearem, de novo...

Faz 2 meses que eu fiz exames com um ortopedista e comecei um tratamento de fisioterapia. Mais futebol e vôlei, na escola. Mais a minha mãe 100% do tempo repetindo "cresce, Guigo, cresce, Guigo". Mais a Helena dedurando: "mãmiiii, o Guigo não tá cuidando da coluna deleeee...".

E ontem, eu sentei na mesa pra comer, coloquei uma perna dobrada, a outra pro lado, fiquei num ângulo de 45o com a mesa e tomei mais guaraná do que comi. A mãmi repetia "filhote, senta certinho", "filhote, vira pra mesa", "filhote, cresce!". E eu, distraído, me arrumava por alguns segundos e, automaticamente, voltava pra minha posição torta, meio pra mesa, meio pra porta (eu queria ir jogar wii e só poderia se acabasse de comer). Então, eu tomei o guaraná, estiquei a mão pra frente e deixei o copo sobre a mesa... só que a mesa não estava na minha frente.

Eu fiquei em pé e quis ir pra sala, mas a mãmi foi mais rápida: "Guigo, volte pro seu lugar! Fique sentado aí, DIREITO, e termine de comer, enquanto eu limpo essa bagunça." Tinha copo quebrado no chão e eu estava descalço (outro vício).

Ela limpou, eu comi, nós conversamos e eu fui liberado. Mas, não fui pra sala. Fui pro quarto. E a minha tia foi avisar a minha mãe (que tinha, finalmente, começado a almoçar), que foi lá pro quarto conversar comigo.

"Filho, está tudo bem? O que você tem?"
"Nada, mãmi. Eu tô com sono..."

Só que eu não estava com sono até 10 minutos antes. Eu queria brincar de video-game até 10 minutos antes!!! E a mãmi sabia. Mas... deve ser duro ser mãe... porque ela não podia retirar a bronca que tinha me dado pelo que eu tinha feito de errado... mas ela também não queria me ver ali...

"Tudo bem, então, filhote. Se você está com sono, pode descansar um pouquinho. Quer que eu fique com você?"
"Não, mãmi. Está tudo bem."
"Ok. Então, eu vou voltar a almoçar, tá? Qualquer coisa, você me chama. E, por favor, não se esqueça de usar o seu chinelo, que tem caco de vidro, ainda, na copa".

E voltou a almoçar, com todo mundo já comendo a sobremesa. Então, minha tia falou "Mirys, o Guigo pediu sorvete, ali na sala. Ele almoçou? Posso levar?". E a mãmi preparou meu sorvete preferido (choco-menta) e me levou na sala. "Filhote, você não ia dormir?" Eu coloquei o potinho em cima da mesa, olhei pra ela, e tasquei-lhe um abraço. "Viu, mãe... eu estou crescendo... estou quase do seu tamanho!"

5 comentários:

Anônimo disse...

Ownnnn...nem os conheço e sou "apaixonadinha" pela sua família...mas fique tranquila que é paixão das boas, e é por isso que volta e meia dou uma bisbilhotada por aqui!adoro seu blog...Deus esteja sempre com vcs...bjo!
Rejane.

Ana Artigas disse...

Ai Guigo não foca triste com a sua mãe não, ela quer só o seu bem!!!!!
Mirys não é uma foto é um vídeo, veja se vc não consegue entrar depois novamente.
Bjos
Ana

Decor'ação disse...

Que fofo você descrevendo o fato Guigo, mas o melhor de tudo é que você sabe que não é facil ser mãe e que você estava errado, né?
Bjos pra vocês.

Idê Maciel disse...

Lindo voce escrever por ele e se reconhecer (sua autoridade) nas atitudes dele. Gostei de ler. Bjs e bênçãos...

Mila Machado disse...

Guigo meu sorvete preferido também é choco-menta!!!
Sabe, vou te avisar uma coisa que ninguém me avisou: Bronca a gente leva a vida toda!!! É chato te dizer isso, mas patrão também dá bronca ( e nem te abraça depois!)marido, no seu caso esposa, também dá bronca, e até quando você tiver seu filho ele vai querer te dar bronca (mas você não deixa, tá?!)e muitas vezes nem merecemos a tal bronca!
E sabe o que a gente faz??? Perdoa e esquece! E bola pra frente...
Bjos