sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Universo Paralelo!!! (Diário da Mirys)

Tem sido assim: altos e baixos. Nem tão altos, assim... mas baixíssimos, de vez em quando. E, de vez em sempre, tenho uma "crise de confiança em mim mesma". Nem gosto de ficar falando porque, às vezes, quero só desabafar e fica parecendo que estou pedindo comentários elogiosos das pessoas. Não estou!

Eu estou (estava mais, antes) insegura sobre o modo como criar as crianças. Estou impaciente quanto à resolução de alguns problemas que, no fundo, eu sei, podem ficar pra amanhã. Estou meio "bichinha do mato", querendo me esconder de tudo e de todos porque muitos ainda olham pra mim com aquela cara de "coitadinha dessa menina...". E, nas minhas piores horas, fico mega insegura comigo mesma...e tenho minhas crises de "será que estou bonita?" "será que esta roupa está boa?" "será que essa minha conversa sobre política/viagens/fotografia/comidas/tempo está interessante?"

E nessas horas sempre alguém diz "nossa, está bonita hoje!", "adorei saber dessa viagem pra Paris, que delícia", "seu cabelo ficou ótimo assim!!!", "você tem umas ideias ótimas sobre X assunto! Adoro conversar com você!" e 99% das vezes é uma MULHER!!! ARGH!!!!!!!!!!!!!!!!!! Meus sais!!! Será que desapareci pro universo masculino???????

Dizem que as mulheres se arrumam para outras mulheres... mentira! Pelo menos, nessa minha atual fase, eu acho que é a mais pura e deslavada mentira!!! É claro que um elogio é sempre bom, não importa a fonte. Até se aquele ex-namorado feinho, feinho (aliás, por que você namorou com ele???), que você detesta, ou aquela colega de trabalho que é muuuuuuuuuuuuuitoooooooo chata te fizer um comentário elogioso vai fazer um bem danado pro seu ego. Normal. Somos humanos! Mas não era da sua colega que você esperava elogios e sim do seu marido / namorado / ficante / amigO / chefe (meninos, coloquem tudo no feminino) ou de qualquer ser do outro sexo oposto!!!

Só assim pra você se sentir interessante... tendo um mínimo de chances de alguém ter feito tal elogio com um pingo (uma gotinha, mesmo, que seja) de 2as intenções... Por isso é que o elogio de mãe, nessa hora, não vale. Se te pegar de "mau humor" ou em crise, então... qualquer palavra de uma pessoa do mesmo sexo que você fica parecendo aquelas coisas de tias de 1900, que chegavam bem perto, agarravam na bochecha, balançavam a cara do pobre sobrinho de lá pra cá e diziam: "tá tãããão bonitinho, tããão gordinho, cresceu tanto! Parece um mocinho!". Só que eu não tenho 5 anos!!!

Não que eu esteja interessada em alguém em especial. Não é isso. Nem sei se estaria preparada pra qualquer coisa nesse sentido. Só queria ser notada e não "passar pela multidão" como se estivesse com um véu negro e grosso, da cabeça aos pés, ou um luminoso, em neon, piscando loucamente sobre a minha cabeça: "viúva. Mantenha distância!"

Parece loucura... eu sei.
Dizem que é normal uma viúva "precoce" se sentir assim, como um tapete... eu não sei! Nunca fui viúva antes e confesso que o aprendizado é doloroso.

O que eu sei é que tenho AMIGAS BÁRBARAS e uma delas me apresentou à perfeita solução: um universo paralelo. A gente lá, no meio de uma conversa empolgadíssima (sobre elas, é claro, porque eu não teria nada assim super empolgante pra contar nesse aspecto e "yuhuu! Dormi no meio do Guigo e da Helena, ontem à noite!" não é algo que vá render muitos comentários) e ela diz: "num universo paralelo, isso seria bem legal" e eu pensei "BRILHANTE"!!!

Um universo paralelo seria um lugar imaginário onde você pudesse viver outras coisas e descobrir como iria se sentir. Daí (hipoteticamente falando, é claro! Eu ainda não endoideci de vez!), você poderia voltar para a realidade e efetivamente realizar aquelas coisas que você viu que deram certo no outro lugar (e deixar as coisas que deram errado lá nesse mundo imaginário, mesmo!). No universo paralelo, você poderia ser atriz, artista de circo, viver uma vida emocionante, adotar 10 filhos, tirar um ano para viajar (sem acabar o seu dinheiro), morar em Paris, beijar aquela pessoa que você morre de vontade de beijar mesmo e... plim! Voltar pra cá. Intacta. Se algo no mundo à parte desse certo, você... plim! (de novo), aplicava na vida real. Gostou de morar em Paris??? Plim! Muda pra lá! Ser atriz e morar em Hollywood é o seu negócio? Plim! Larga seu emprego de enfermeira de asilo e compra as passagens pros EUA. Aquele beijo foi muito bom? Plim! Tome uma atitude na vida real!

Fantástico, não???

Então, desde a nossa conversa, adotei o universo paralelo na minha vida!!! E está super divertido!!! Lá eu já estou morando em Paris, mesmo, não trabalho e vivo de ler livros e escrever (olha aí que sensacional esse universo! Não falei???). Lá eu já recebi telefonemas no meio da noite só pra ouvir meu "alô", mensagens anônimas no blog (é, também tenho o blog por lá!) e uma ou duas declarações de amor, ao vivo. Ou seja: lá, a Miriane ainda existe desse outro jeitinho pré-viuvez, pré-Fernando, pré-muitas-coisas. E sempre que eu me sinto muuuuitoo mal por aqui, como uma velhinha de uns 90 anos que ninguém vai olhar e se interessar mesmo, eu me transporto pra lá. Simples, rápido, indolor.

Por isso, se você olhar pra mim, numa hora dessas e eu estiver "olhando pro nada" ou "rindo a toa", saiba que eu estava mal, muito mal... mas já fui dar uma voltinha no universo paralelo!!! Considere como se tivesse uma outra plaquinha pendurada no meu pescoço: "Fechado para almoço. Volto já!"

OBS: mãe, tias, irmãs, amigas, primas - vocês são bárbaras e eu amo a cada uma, do fundo do meu coração!!! Obrigada me lembrarem, constantemente, que eu ainda "estou aqui" e por terem ideias tão malucas e especiais como esta que, às vezes, salvam minha pacata vidinha. Espero que não se importem sobre o que eu disse dos seus comentários...a-do-ro seus elogios, mas vocês não vão querer namorar comigo mais tarde, né? Então, não contam. Espero que entendam...

12 comentários:

Anônimo disse...

Bom Dia Miris e criançada

Realmente acho que o universo paralelo sempre é necessário e faz bem .. para nas horas de dificuldade e angústia podermos plim...sonhar e imaginar se todos os sonhos se tornassem realizados...rs
Você, não me canso de dizer, é uma das pessoas mais especiais que eu já conheci na vida ( e olho que eu conheço pessoas hein rs)...vc sempre batalhadora, esbanjando alegria e força...
Não tenho dúvidas que um novo amor irá aparecer, alguém pra vc ficar o resto da sua vida, aliás, vc é linda, batalhadora, simpática e tudo de bom...
É questão de tempo...e quando acontecer escreva aqui que eu ficarei muito feliz, e tenho certeza que o Fer também, pq o que ele mais quer é ver vc feliz e sorrindo de verdade (não só pra "dizer").
Mesmo sendo mulher, considere meus elogios. OK?

Um Ótimo feriadão pra vc, curta bem as crianças e seja feliz, pq a vida passa muito rápido, acredite em Deus e siga sua história, que ainda vc tem muito a escrever. =)

Misla. ;)

Dani disse...

Myris, a gente é que te agradece por ter escolhido a UR-13. Passa uma hora na minha floricultura, quero te contar da minha viagem pra Islândia. E viva o universo paralelo! bjs

Anônimo disse...

Myris,
Eu agradeço a Deus por você ter aparecido na minha vida. Acredito que nada acontece por acaso. Aprendi muito com você. Te adoro!
Bete

Anônimo disse...

Mirys ,quando vc estiver pronta e relaxada para ser notada pelo sexo oposto vc vai ser , simples assim!!!!
Vc mora em uma cidade pequena, todos sabem da sua viuvez, duvido que algum rapaz se sinta seguro para qualquer aproximação. Eles só chegam perto se tem muita certeza que não vão levar um fora, e olha, eu acho que eles tem razão, provavelmente vão levar um fora seu.
Claramente a sua linguagem corporal deve ser de quem não está disponível no momento!!!!!e isto não deve ser um problema, porque esta é a sua realidade hj, e tenho certeza que vai ficar tudo bem!!!
Bjus, querida, por favor, não se aborreça com a minha opinião!!
As coisas vão acontecer sem atropelos, não se preocupe!!!

Mirys + Guigo + Nina disse...

Misla: que saudades de você, mocinha!!! Quanta conversa boa!!!
Obrigada pelos elogios. Eu aceito, sim. Claro que aceito!!!

Quanto ao Fer ficar feliz... não estou muito certa disso. Ele era beeem ciumentinho...

Bjos e bençãos!

Mirys + Guigo + Nina disse...

Dani, Bete, Ciça & cia. ltda.: nada, realmente nada acontece por acaso! Vocês são uma doce pausa na minha realidade!!!

Obrigada por serem minhas amigas!

OBS: Deus, obrigada por me dar amigas tão criativas! Valeu mesmo!!!

Mirys + Guigo + Nina disse...

Caro anônimo (ou anônimA, que é o mais provável! rsrsrs): queria que tudo fosse simples assim. Juro que queria!!!

Mas, algumas coisas na vida, simplesmente, não acontecem quando a gente acha que poderia acontecer. Tem muita coisa rolando fora do meu controle (o inventário, a minha casa, os compromissos... nem meu humor eu controlo mais!) e isso é angustiante.

Então, por enquanto, vou vivendo no universo paralelo, quando dá vontade e as coisas ficam mais complicadas do que eu gostaria, por aqui. Lá todo mundo me entende (sem se sentir magoado, quando eu preciso de espaço) e todo mundo é muito claro comigo, também. ASSIM, é simples!

Bjos e bençãos!

OBS: você leu o post sobre "sinceridade"???

OBS2: não fiquei magoada, não. Preciso de opiniões sinceras e objetivas! Passe por aqui quando quiser.

Anônimo disse...

Mirys, sou a anonima lá de cima!!!!!!!
eu sei que no meio do rodamoinho parece que vc não controla nada, mas todos os dias vc toma decisões baseadas no que vc acredita, e que vão dar o rumo do que vai acontecer daqui para a frente.
Confie que tudo vai dar certo, pque vai!!!parece que não, mas todo tsunami vai embora,mantenha-se junto das crianças com a cabeça para fora dágua, respirando , reze, acalme seu coraçãozinho e espere!!!!!
Eu li o post sobre sinceridade sim, e vou ser sincera com vc: inventário é um aborrecimento mesmo!!!
Bjokas, fique com Deus!!!!

Ana Beatriz disse...

Mirys, quando me vi solteira de novo, achava que todo homem olhava pra mim porque eu estava gorda! rsrsrs... Você vai achar a Mirys da Unesp, do Yazigi, em algum lugar lá atrás. Você vai rir das próprias besteiras, você vai reencontrar a menina que vc era. O seu riso vai ficar fácil de novo e daí você vai notar que os caras estavam lá o tempo todo... que foi você que mudou... deixou a "egrégora"... Bjs. Bia

Nana disse...

Mirys, a-m-e-i essa historia de universo paralelo. Nao serve so pra vc, mas para qualquer pessoa, em qualquer lugar, em qualquer momento que queira ter um momento único, especial. Afinal, vamos combinar q ninguem tem aquela vida de filme americano, com casinha de cerca branca e momentos de comercial de margarina...rsrsrs. Já adotei isso pra mim!!! Bjs e fiquem com Deus.

Carol Siqueira disse...

Olá Mirys! Venho acompanhando o seu blog diariamente e confesso que o que mais me chamou atenção é essa a sua força para criar 2 filhos lindos sendo uma viúva tão jovem. Acho que vc não precisa se cobrar nada porque você já está acima de todas nós, amiga! Ser forte assim já basta tudo e pra mim vc já é uma grande inspiração. Não sei como aconteceu isso com vc, qual foi a maneira mas mesmo assim, você se supera todos os dias. Parabéns e que Deus te abençoe todos os dias com seus lindos filhotes.
Carol Siqueira.
www.falamamae.com

Mey disse...

Oi amiga, tudo bem?

Quero te convidar para entrar em uma campanha para ajudar o Miguel, um bebê de 6 meses que tem uma doença rara e precisa de uma fórmula especial de leite, infelizmente muito caro.
Conheça a estória dele no meu blog e nos ajude a divulgar e levantar doações.
Como mãe, não pude deixar de me envolver e peço sua ajuda.

beijos, acesse o meu blog, está lá: http://bbpontocom.blogspot.com/2010/10/campanha-urgente-miguel-precisa-de.html

Mey