segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Planos por água abaixo??? Não com a minha mãe! (Diário do Guigo)


Hoje é nosso terceiro (e quase último!) dia de praia e a mãmi tinha feito uma super programação com nossos novos amigos: íamos todos para Santos, andar de bondinho e visitar o aquário de lá (vocês acham que nós cansamos de aquários??? Nãããããããããão!).

Já que o vovô e o tio Gu não queriam ir mesmo, dava para irmos todos num carro só (porque, no nosso, cabem 7 pessoas). Íamos eu + a Nina (irmã) + a mãmi + a vovó Dina + a tia Si (que nós conhecemos na praia) + o Luigi (filho de 4 anos da tia Si) + o Pietro (filho de 2 anos da tia Si). Ufa! E ainda sobrava um banco!!! Isso porque a tia Si não tinha duas cadeirinhas e o Pietro iria no colo dela...

Tudo programado, todo mundo empolgado, vamos nos encontrar na pousada de manhãzinha, vamos evitar aquela chuvinha fina das manhãs do Guarujá, comidinhas e sucos de crianças nas malas e... acordamos e tava o maior toró!!! Chovia MUITO!!! Tanto que a tia Si acabou descendo do carro dela, sozinha, para confirmar se a gente ia mesmo, enquanto os meninos esperavam dentro do veículo porque a chuva estava demais!!!


Minha mãmi titubeou... pensou... olhou pra cima... pensou... olhou para as poças d´água que se formavam no jardim/estacionamento da pousada... pensou... imaginou os pezinhos cheios de lama dentro do carro... pensou... pegou o telefone e ligou pra tia Lígia. "-Tia, tá a maior chuva aqui. Tá chovendo aí?" "-Nem uma gota, Mirys." "-Então, estamos indo!" E berrou: "-pessoal, todo mundo pro carro que em Santos não está chovendo!!!!" A tia Si olhou com a maior cara de espanto (como assim lá não está chovendo? Nós estamos do lado!), mas a mãmi disse que podia pegar os meninos no carro dela e passar pro nosso. E a chuva, o que fez? Parou! Siiiim. P-A-R-O-U!!!

Mãmi deu o grito de marca registrada dela "vambora, catapora!" (que nosso primo João, de 1 1/2 ano, repete dando risada!). E puf! Todo mundo no carro. É claro que ele ficou imundo, até porque fomos comendo salgadinhos, tomando sucos, brincando de várias coisas, além dos pezinhos na lama... mas quem liga pra isso? Não a minha mãe! Ela sabe que, depois, existe uma coisa chamada: la-va-gem. Que resolve tudo! Seja ela ou outra pessoa que lave!



Com todas as crianças devidamente presas em suas cadeirinhas e os adultos no cinto, lá vamos nós. Vrummmmmm, por uns 15 minutos, até a balsa. Chegando lá, mãmi não se conteve e lançou: "-quem quer sair do carro e ir ver a água, lá na frente???" Isso porque ela já tinha conseguido ser o PRIMEIRO carro, bem da ponta (do lado esquerdo, claro! Mãmi é canhota!). Então, nós já estavamos "lá na frente"! Mas, como criança adora uma bagunça, foi o maior festival de "eu", "eu", "eu" e saímos todos do carro.


Eu desci. "-Guigo, encosta no carro."
Luigi desceu. "-Lu, encosta no carro, por favor."
Nina desceu. "-Amore, encosta no carro, perto do seu irmão."
"-Agora, vamos lá na frente, todo mundo comigo! De mãos dadas! Quem soltar a mão, volta pro carro!!! Iê!!!!" Na frente de tudo, tinha uma faixa amarela. "-Pessoal, pessoaaaaal. Quero os olhinhos em mim... obrigada! Estão vendo essa risca amarela, no chão? É a risca da segurança. Ninguém pode tirar os pés do risco amarelo, senão perde, ok? Quero ver quem vai ser o grande campeão e ficar com os pés no risco amarelo, o tempo todo!" E quando chegamos do outro lado: "-atenção, galera! Nós estamos chegaaaando. Quando eu falar 1, 2, 3, todo mundo vai pro carro, bem rápido, porque nós somos os primeiros e temos que sair loguinho. Vamos ver quem vai ganhar? 1... 2... 3!!!!! Pro carro!!! Iêee!!!"

Impressionante!... Todo mundo obedece a minha mãmi. Até as crianças que a gente acabou de conhecer! Não sei bem o porquê...


Chegando em Santos, fomos conhecer o aquário de lá e... MEGA FILA!!! Acho que todo mundo do resto do litoral teve a mesma idéia... SÓ QUE, em Santos, as pessoas são muito educadas e pensam! (mãmi rola de rir quando eu digo isso, apontando pra cabeça) Então, uma moça muito gentil percorria a fila toda distribuindo os convites de "isento" para as crianças e os maiores de 60 anos. Assim, caso alguém já quisesse entrar e sair da fila, poderia. A mãmi disse: "-quem quer ir JÁ pra dentro do aquário com a vovó Dina, levanta a mão!" E a vovó fez a maior cara de assustada! Ixi, mãmi, bola fora...

Mas, a vovó entrou na brincadeira e topou ir para o aquário com os três "maiores": eu (6 anos), Nina (4 anos) e Lu (4 anos). Super adultos!!! Sorte dela que, no aquário de Santos, existe um banco de alvenaria grudado na parede, que percorre tooooooodo o corredor, para que as crianças possam subir e ver os peixes e outros animais. A vovó usou para ficar sentada, respirando, com os olhos bem atentos, até a mãmi, a tia Si e o Pietro entrarem, meia hora DEPOIS! Valeu vovó!!!



Gostamos bastante, também, do aquário de Santos. E ele é bem diferente daquele do Guarujá! Tem outros peixes, não tem raia, nem lobo marinho, mas tem um imenso aquário redondo no meio do caminho, com tartaruga gigante e peixes super diferentes! Além de ter um espaço para o leão marinho, com bancos de alvenaria, para quem quiser descansar e apreciar a paisagem! É muito bacana!!!


Saindo de lá, encontramos a tia Lígia e fomos fazer umas fotos numa estátua do pescador que existe na frente do aquário. A tia Lígia disse que nunca nem sabia desses monumentos espalhados pela cidade, que ela sempre "descobria" essas coisas quando alguém vinha visitá-la e fazer turismo. Por que a gente sempre faz isso??? Não vai conhecer e curtir as coisas legais da nossa cidade ou das cidades vizinhas??? Por que a gente quer tanto conhecer os jardins da Europa e quase ninguém conhece (e não se importa em não conhecer) os lindos jardins do Museu do Ipiranga, em São Paulo?? Também temos lindas igrejas, praças, bosques, casinhas. Temos que conhecer mais a nossa casa, pessoal!!!


Mas, a tia Lígia, esperta que é, conhecia outra coisa mega bacana em Santos: o bondinho, que custava a "fortuna" de R$ 5,00 (pra mãmi - R$ 0,00 para as crianças - R$ 2,50 para maiores de 60 anos), que passeava em toda a parte histórica de Santos. Pegamos mais uma fila, mas estávamos em festa! Então, tudo bem!!!!

O bonde era lindo, vindo da Itália ("-a terra do tio Dario, né mãmi?"), preservado, tipo de coisa que a mãmi adora! Mas.... (vou deixar o "mas" pra Nina contar, no diário dela...kkkk... fiquem curiosos!!)

Bjos e bençãos.

2 comentários:

danibadanai disse...

Que fotos DELICIOSAS!
Amo vocês...

Sitayne disse...

Que DIA maravilhoooosooo!!!
Que companhias otimas, pessoas suuuuper demais!!!
Precisamos nos encontrar novamente, tenho q dar um jeito de ir ver vcs aí...
Sabado passado fui no guaruja, e fomos na pousada, o Luigi deu o maior berro: "Mamae, a casa do GUI!!!!!!!!!!!!" kkkkkkkkkk
Daí expliquei a ele tuuuudo e a pergunta seguinte foi pior:"tá bem então vamos LÁ na casa dele"!!!!!
fiquei muda...
Adoro vcs, milhoes de beijos c mt carinho...