domingo, 20 de novembro de 2011

No altar (Diário da Nina)

A gente voltava de Bauru. Só eu, a mãmi e o Guigo. Nós dois brincávamos atrás e a mãmi dirigia. Quietinha. Ela sempre fica quietinha em um pedaço daquela estrada...

Então, eu puxei papo:

"- Mãmi, me promete uma coisa?"
Ela saiu do "transe" e respondeu: "- Claro, filhota! O que?"
"- Mamãe, no meu casamento, você pede para VOCÊ entrar comigo?"

E a mãmi não respondeu...

(parte II desta conversa aqui)

6 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Mirys, como foi aguçada a percepção da Nina. Tentou desviar você dos pensamentos que a entristecem e disponibilizou o amor pela mãmi querida.
Beijo carinhoso no seu coração.
Manoel.

PAULA disse...

É estranho, como eles pensam antes de nós. Eu também já pensei se quando a Flávia se casar, ela vai deixar eu entrar com ela. No nosso plano, eu e o Eduardo iriamos entregar ela juntos. Mas ela não tem mais o pai. E já pensei se ela vai me deixar entrega-la sozinha (é machista, mas real).
Elas são muito perspicazes.
Um abraço,
Paula.

Gigi disse...

"Você pede pra você"... Coisa mais fofa!

Dd disse...

Mirys querida, conheci seu blog esta semana e li quase tudo. Estou muitissimo emocionada e principalmente encantada com o carinho de vocês. Tenho 65 anos, alguns erros e acertos, um coração trincadinho mas vivo. Peço a Deus que continue iluminando seus dias junto de seus filhos. Achei incrivel alguns fatos seus muitos coincidentes com os meus, inclusive esta história que também sou "mamis", sou "pãe", e minha filha disse certa vez que se casar vou entrar com ela. Vou passar por aqui de quando em vez. Um beijo grande para vc, o Guigo e a Nina. Dd

Morena disse...

O que seria de nós sem essa delícia pueril da criança?!?
Beijos saltitantes
Boa semana

Mirys + Guigo + Nina disse...

É pessoal... acho que fui só eu que entendi errado e fiquei triste com o comentário dela...

Talvez porque eu estivesse bem pertinho do lugar do acidente (e sempre fico tensa quando passo por ali), talvez porque já tenha chorado muito pensando no casamento dela (que loucura! Ela só tem 5 anos!) e que ele não estará aqui para andar com ela pela igreja... ele iria adorar isso! Enfim...

Bjos e bençãos.
E obrigada por estarem sempre aqui e me fazerem ver a vida com outros olhos!
Mirys