quarta-feira, 14 de julho de 2010

E no início havia... uma história!

(text in English below)


Pois é... cedi!

Após um certo tempo ouvindo amigos e parentes dizendo "por que você não pega o diário das crianças e faz um livro?", "por que você não escreve um blog?", eu acabei pensando que começar o tal blog, na verdade, seria muito mais simples e rápido do que providenciar o livro. Então, apesar de não ter totalmente desistido de me aventurar no mundo literário, decidi começar esse diário virtual.

Vou escrevendo assim... aos pouquinhos...
Talvez algum dia vocês me encontrem mais empolgada e vejam textos grandes!
Porque escrever (e ler!) faz parte da minha "terapia" comigo mesma!!!
E ver filmes, muitos filmes. Claro!

Espero que vocês, que nos conhecem, possam se entreter com as nossas histórias, das quais vocês também fazem parte. E se inteirar da vida dos seus sobrinhos!
Espero que vocês, que não nos conhecem, possam, ao menos, se divertir! E descobrir que, toda mãe (e, por que não?, todo pai), em algum momento da vida, passa por alguma coisa muito parecida com a que você está vivendo. E possa ver que a vida é, na verdade, realmente impressionante, divertida, mágica... mas simples!

Bjos e bençãos!

Well... I confess I embraced the idea!

After some time listening to friends and relatives saying "why do not you get the 'diary of the children' (e-mails) and transform them into a book?", "why do not you write a blog? ", I just start thinking that this blog actually would be much simpler and faster than writing a book. So, despite not having completely given up on me venture into the literary world, I decided to start this virtual diary.

I am writing this ... bit by bit ...
Maybe someday you'll find me more excited and writing biiiiig texts! ´Cause write (and read!) is part of my "therapy" to myself!
And watching films, many films. Of course!

I hope that readers that know us (in person, I mean) will be entertained with our stories, of which you are also part. And ascertain the lives of your 'nephew' and 'niece'!

I hope that you readers that don´t know us can at least have fun! And find that every mother (and why not say every father), at some point in life goes through something very similar to the one you are living. And you can see that life is really, really impressive, fun, magic ... but simple!

Kisses and blessings.

3 comentários:

Daniela disse...

Que família linda. Simplesmente fiquei viciada nesse blog. Entrei hoje pela primeira vez após uma busca no google sobre 'quando é a hora de ter o segundo filho?' e aqui estou. Passei simplesmente a tarde toda no blog, lendo todos os posts e conhecendo essa família linda dos 3 mosqueteiros. Menina, estou encantada, emocionada, solidária a tudo o que passaram.... não sei nem expressar. Estou apaixonada pelas crianças lindas que tem: Guigo e Nina. Estou encantada com a criação que dá a eles (pelas coisas lindas e emocionantes que li). Myris, você é guerreira, escreve super bem e tem muito a passar para todas as leitoras do seu blog. Virei sua fã, sua e de sua família linda.

Vou contar um pouco de mim: tenho um filhote de 2 anos e 3 meses, razão da minha vida, e estamos pensando (eu e maridão) em ter outro filho. Adoraria ter uma menininha, assim como você, mas tenho até medo de ficar falando isso, pois acho que sexo é o de menos, o importante é vir com saúde. Tenho certeza de que irei aprender muito com tudo o que li. Obrigada por compartilhar todas suas experiências. Será muito enriquecedor. Beijos nas crianças lindas. E outro a você.

De sua mais nova fã,

Daniela (Belo Horizonte)

Anônimo disse...

SABE MIRYS!QUANDO SOUBE QUE VIRIA PARA ARARAQUARA E OS MOTIVOS QUE TE TRAZIAM PARA CÁ, SIMPATIZEI-ME AUTOMATICAMENTE COM SUA HISTORIA!
DEPOIS TIVEMOS, EU O CARLOS E O GABRIEL, A OPORTUNIDADE DE ENTRAR UM POUCO NA SUA VIDA, INDO ATÉ SUA CASA E CONHECENDO SEUS LINDOS FILHOS!
GOSTARIA MUITO QUE SOUBESSE QUE TE ADMIRO MUITO, PELAS SUAS ATITUDES PERANTE A VIDA E MANEIRA QUE LIDA COM SEUS FILHOS!
PARABÉNS PELO BLOG!

Geo Honório disse...

Amei o seu blog... é uma benção poder demonstrar tanto amor... que sabemos de onde vem não é mesmo?!!! Deus os abençoe!