quarta-feira, 25 de abril de 2012

O que eu faço sozinha? (Diário da Nina)

Ontem, na tarefa da escola, tinha uma missão importante: "escreva, nas 5 linhas abaixo, o que você já é capaz de fazer sozinho/a".

"- Mãããããããããe, vem me ajudaaaaar! Aqui está perguntando o que eu faço sozinha... o que eu faço sozinha, mamãe?"
"- Filhota, você faz um monte de coisas sozinha!"
"- Não faço, não..."
"- Claro que faz, Helena! Você leu isso SOZINHA! E você toma banho SOZINHA! E..."
"- Eu eu almoço!!!!! E eu escrevo!!!!! E eu mando mensagens de celular!!!!! E eu durmo na Tia Li!!!! E eu janto!!!! E eu lavo meu cabelo!!!! E eu me arrumo pra escola!!!!!! E eu coloco filme no DVD!!!!"

A minha tarefa acabou rapidinho (e eu fui jogar joguinhos no computar SOZINHA), mas a cabeça da mamãe ainda funcionou por muuuuito tempo. Afinal, eu não sou mais uma garotinha... e as mães não gostam de perceber que são dispensáveis...

PS da mãmi: conta aí quando foi que você se sentiu "dispensável" para o seu filho. E como você superou isso???????????????

8 comentários:

Dani disse...

A maternidade é bem contraditória. Vivemos pra ver esses filhos alçarem voo e quando eles finalmente dão os primeiros rasantes, sentimos falta da dependência.

Com uma filha de 9, vivo sendo dispensada. hahaha

beijo pra vc e pra Nina linda.

Rafaella disse...

hahahahahahaha...
Ai quando Davi quer dormir na casa do vovô...
O jeito é superar, rs, esses meninos crescem tão rapido...
Bjs

Woltony disse...

Oi Mirys!!! Eu me senti dispensável a primeira vez que o Pedro foi ao banheiro sozinho. "Como assim? Vc não quer minha ajuda nem para subir a bermudinha???"

Mirys + Guigo + Nina disse...

Ai, Dani...

Eu já estou "sofrendo" as contradições com a Nina de 5 anos! Imagine quando ela tiver 9!!!!

Bjos e bençãos, amiga!
Mirys

Mirys + Guigo + Nina disse...

Rafa:

Casa dos avós ou dos tios já é SUPER COMUM, aqui em casa!!! Depois do acidente, deu uma urgência em demonstrar pra todo mundo que se ama que a gente AMA, de ficar junto, de criar histórias e momentos e lembranças... que dormir na casa do povo da família ficou n-o-r-m-a-l!

Pra isso, eu nem sofro, mais!

Bjos e bençãos.
Mirys

Mila Machado disse...

É isso aí Nina!Você já é uma mocinha mesmo!
O Davi fica assistindo desenhos no youtube e se diverte no site do discovery Kids, nem me chama mais para ajudá-lo, Vocês estão ficando a cada dia mais independentes!!!
Bjo, linda!

Claudia disse...

As vezes acho a minha filha de 7 anos super independente, em outras ocasiões acho ela uma bebezinha, de tanto que precisa de mim. Mas lembro de um dia que estava muito frio e eu chamei ela pra dormir comigo e com o Rodrigo e ela disse que queria dormir na cama dela. Nesse dia fiquei boba e falei pro Ro: "é nisso que dá criar a filha muito independente". Rsrsrsrs. Bjo.

Kinha disse...

Dá até um susto na gente quando percebemos qua não somos mais tão indispensáveis assim, não é?