quinta-feira, 28 de março de 2013

BC Musical - Música de Terceiros

Hoje a brincadeira é boa! Porque to-do-mun-do tem uma trilha musical pra vida (pode reparar! Aconteceu algo importante? Tem música! Sempre tem uma música em volta de você! Nem que seja chorinho de bebê...). Então, a blogagem coletiva da Moça de Família tem o tema: música de terceiros! É fácil participar: você só tem que bancar #alouca e sair perguntando pra primeira pessoa (no meu caso, pras 4 primeiras) que vir na frente "QUAL MÚSICA ESTÁ NA SUA CABEÇA AGORA?????" Se você der azar, ela te manda "catar coquinho, na descida!". Se der sorte, ela te diz uma música!

Música do H: "unforgatable". Hummmmmm... romââântico...

Música do Guigo: "aquarela". Cult...

Música da Nina: "a banda". Chico!!!

Música da tia G: "because you loved me". Música do casamento dela (há 15 dias)... e do meu também...



Ou seja, no MEU CASO, eu dei muuuuuuuuuuuuuuita sorte! Além de não ouvir a frase dos coquinhos, eu ainda descobri que o povo que vive ao meu lado tem um bom gosto musical incrível!!!! Thanks, Dani!

Quer ver mais músicas dos outros? Vai aqui!



quarta-feira, 27 de março de 2013

Cartões para a Páscoa! (Diário do Guigo)

Você também quer entregar lembranças na Páscoa, para pessoas queridas, e está sem ideias? Pois é... Neste ano, nós resolvemos manter as coisas SIMPLES + RÁPIDAS + PERSONALIZADAS + CARINHOSAS, e vamos entregar "barras de chocolate e cartões pessoais" para as professoras!

Para os cartões, é só imprimir os modelos em folha A4 (cabem dois por folha), cortar, dobrar, escrever sua mensagem! Para a embalagem do chocolate é mais fácil ainda: só imprimir (uma embalagem por folha A4, para barras de chocolate grandes), passar em volta da sua barra de chocolate e pronto!







Gostou da ideia? Pode "roubar" os modelos abaixo, tá? Tem pra meninos e meninas! Porque a mamãe sempre pensa nesses detalhes... rsrsrs.









Tem também esses modelos aqui, pra quem quer passar a mensagem que a Páscoa não é só chocolate e almoço (delicioso!!!) de família...









terça-feira, 26 de março de 2013

Como fazer um desenho FOFO (Diário da Nina)

Eu andava reclamando. Eu a-do-ro desenhar! Adoro artes! Mas, meus colegas de classe estavam rindo dos meus desenhos (tudo bem que, quando a gente tinha que desenhar um animal, ao invés de eu desenhar um gato ou cachorro, como QUALQUER CRIANÇA, eu queria fazer um hipopótamo ou uma aranha tricotando uma teia. Tudo bem!). E eu estava chateada! Na verdade, chateadíssima!!! Não queria desenhar nem gatos, mais...

Só que a minha mãe (que eu vivo dizendo ser a melhor mãe do mundo! Pra sempre!) entendeu o meu drama e começou a procurar formas de me ajudar. E ela descobriu uma "fórmula mágica" para fazer desenhos fofos!!!! Não é o máximo???? Agora, eu virei a sensação desenhadora da classe e vivo fazendo os desenhos pra todo mundo! Ah, a glória!...



Passo 1: desenhe um círculo, que será a cabeça.



Passo 2: faço os olhos. Pequenos. Podem ser grandes, se você quiser um desenho no estilo "mangá" (viu? Eu manjo de desenhos! Há!). Os meus preferidos são os "piscando" (uma bolinha e um "V" deitado).



Passo 3: desenhe a boca. Eu sempre faço a mesma (porque acho a boca sorridente meio... estranha). E faça um corpo PEQUENINO!



Passo 4: desenhe as bochechas! Redondinhas, riscadinhas (se o seu personagem fofo estiver envergonhado), grandes, pequenas. Mas NÃO FAÇA O NARIZ!



Passo 5: SE o seu personagem fofo for um humano, plim! Está pronto! SE o seu personagem fofo for um ANIMAL, aíiiiii sim você vai desenhar nariz, orelhas e rabo. Tudo depende do animal que você escolher!



Agora ficou fácil, né? E aí, quem acho lindo? Quem tem mais dicas????

Eu ando fazendo muuuuuuuuuuuuitos desenhos e já estou "contratada" pra fazer todos os convites de páscoa da nossa família! Porque o almoço de família (enorme!) vai ser lá em casa! Uhu!!! Muitos desenhos à vista!!!




Pra facilitar a sua vida, a gente traduziu o passo a passo pro portugues! Assim você também pode se divertir!
Gostou? Então divida! Porque mais gente pode gostar! Manda lá pro Pinterest, pro Face, pro Instagram....


segunda-feira, 25 de março de 2013

MAMARAZZI WEEK - março 2013 (segunda)



Eu sei que nesta semana tem "MAMARAZZI WEEK" e que vocês esperavam ver uma foto de mãe com FILHOS, não com o pai. Mas... hoje é aniversário de namoro e essa foto é um resumo do meu dia. Então, hoje, vocês ficam com uma foto de mãe sem filhos. Uma mãe apaixonada! Uma mãe paparicada! Uma mãe no seu "lado B"!

Porque, afinal, as mães também amam e beijam, né?

domingo, 24 de março de 2013

O tempo (Diário da Nina)

MAMARAZZI WEEK na semana que vem!!! (Diário da Nina)



Uma foto por dia.
De um filho COM UMA MÃE.
Publicadas uma por dia ou todas juntas, no final.
Lembranças guardadas pra sempre!

Bjos e bençãos.
Nina

quinta-feira, 21 de março de 2013

BC Musical - outono (Diário da MIrys)

Hoje tem blogagem coletiva musical e o tema é... OUTONO!



Não tem jeito... outono, assim, com cara de OUTONO DE VERDADE, me lembra Paris! Me lembra folhas douradas e vermelhas espalhadas pelo chão... me lembra todo mundo de casacos (lindos!) pela rua... me lembra uma xícara de chocolate "chaud" com um "pain aux raisins"...



Me lembra essa música: if you leave me now, na versão dos Bee Gees. Calminha, tranquila, romântica, um pouquinho triste, assim como o outono deve ser.

Se você já teve essa experiência de realmente VER as 4 estações do ano (com direito a neve no inverno, folhas secas no outono, mil flores na primavera, picnics na grama no verão), você sabe como isso é mágico! Agora, se você já viu tudo isso na cidade mais linda do mundo (na minha pequena opinião), ah... então, você me entende p-e-r-f-e-i-t-a-m-e-n-t-e!



(meu lugar preferido em Paris: a Notre Dame. No outono, claro!)
Bjos e bençãos.
Mirys

Tem mais gente participando aqui ó!

O melhor remédio pra dor (Diário da Mirys)



Nessa última semana, uma amiga querida perdeu seu filhinho de 3 meses para uma pneumonia... Ontem, seria aniversário de 92 anos da minha avó, se ela não tivesse nos deixado há um ano e pouquinho... E eu parei e pensei, várias vezes, durante os últimos dias, que eu queria falar alguma coisa pra minha amiga, pro meu pai, pros meus tios - mas eu não sei o que falar. Qual palavra vai trazer conforto. Qual "dica de sobrevivência sem alguém importante na sua história pessoal" poderia ser de alguma ajuda. Simplesmente não sei...

Porque eu nunca estive no lugar deles. Eu nunca perdi um filho pequeno pelo qual eu era totalmente responsável (pouca coisa se faz sozinho, com meses de idade). Graças a tudo, minha mãe continua por aqui - loira e linda. Então, eu não sei o que eles sentem e não quero fingir que eu sei...

Quando lidamos com a perda, na ânsia de FALAR alguma coisa, acabamos falando alguma bobagem do tipo "eu SEI o que você está sentindo e eu acho que você deveria...", completando a frase com alguma fórmula mágica pra vida. Só que a vida não é assim. Não é simples. Não é matemática onde "eu + chocolate ou viagem ou rios de choro ou pessoa nova = - dor". Quem dera!...

Relacionamentos humanos são muito particulares e só conhece a dinâmica (e a falta que se faz) quem fez parte dele. Só quem apertou os nós do "nós" é que pode entender. E não é porque eu passei por um tipo de perda (viuvez) que eu tenho autoridade pra falar sobre o sofrimento alheio...

Nessas horas, só nos cabe "estar lá", pra compartilhar a dor. Seja ao vivo, seja por sms, seja por cartinha, seja num telefonema, seja num bolo enviado no meio da tarde. Apenas deixe aquele que sofre saber que você está lá, caso ele precise de algo.

Pra qualquer tipo de dor, o melhor remédio ainda é o carinho!

quarta-feira, 20 de março de 2013

10 ideias "faça você mesmo" pra Páscoa! (Diário da Nina)

Eba, eba, eba! A Páscoa já está chegando e a mamãe começou a ter ideias pra presentear professoras, amigos, irmãos, primos, etc e tal. E vocês sabem que a gente ADORA algo do tipo "faça você mesmo", né? Pois então...

Nenhuma das ideias abaixo foi feita por nós (ainda!!!), mas nós achamos todas muito interessantes e bem simples pra fazer. Só olhando as fotos, você consegue! Se você gostar de alguma das ideias, é só clicar no link e ver como se faz! Fácil, fácil, né?



1) Bolsinha de feltro no formato de ovos. Pra quem quer presentear, faz questão dos "ovos", mas quer ser original (e não está disposto a pagar um absurdo pelos ovos de chocolate prontos, do mercado).

2) Envelope de coelho. Esse dá pra gente pequena fazer junto! Que tal fazer vários e mandar com docinhos, pros amigos da escola?

3) Açúcar em formato de coração e flor. Qual avó não adoraria receber um mimo desses? (ps da mãmi: saudade IMENSA da minha vó)

4) Dedoches de toalha. Um pouquinho mais complicado de fazer, mas é um presente que vai ficar pra sempre!!!

5) Rabinhos de coelho. Na verdade, é um pacotinho de marshmellows que fingem ser rabinhos de coelho. Não é o máximo???

6) Pistas bíblicas para caça ao ovo. Pra quem gosta da tradição de esconder ovos no quintal e deixar as crianças procurarem, mas quer manter vivo o verdadeiro sentido da Páscoa (a ressurreição de Cristo).

7) Ninhos de chocolate com ovinhos. Os ninhos são cupcakes. Os ovinhos são m&m. Os galhinhos do ninho são granulados "colados" com chocolate derretido. Tão fácil, tão lindo, tão saboroso!...

8) Regadores com nome das crianças. Outra maneira original e criativa de entregar guloseimas para gente pequena! Dá pra comprar na loja de R$ 1,99 e pintar. Pra quem gosta da caça ao ovo no quintal, fica muito legal entregar um regador, no final da caçada, né?

9) Brownie faça você mesmo. Pra presentear um adulto, que tal inovar? Coloque os ingredientes secos de uma receita dentro de um pote bem bonito, faça um cartão, dê as instruções da receita e plim! Um presente bacana, que vai fazer todo mundo colocar a mão na massa! Eh!

10) Cestinhas personalizadas. Mas um jeito liiiiiiindo de entregar as guloseimas da época para crianças! Cada cestinha é forrada com tecido, onde está bordado o nome da criança. Depois, as cestas podem ser usadas para várias outras coisas.


E aí, gostou? De qual você gostou mais? Vai fazer alguma? Tem outras ideias bacanas??? Compartilhe nos comentários!
Bjos, bençãos e boa Páscoa pra todo mundo!
Nina

terça-feira, 19 de março de 2013

As coisas simples são lindas! (Diário da Mirys)

Ter um recém-nascido em casa dá trabalho... cansa... tira horas de sono... determina todo um novo ritmo. Mas há também (e principalmente) a beleza! O deslumbre com o tamanho da boquinha, da mão ou do pé. O apaixonar-se em cada "carinho". A (re)descoberta de ser mãe. O admirar incansável. A graça de ver novos relacionamentos serem criados.

E, se você quiser olhar por este lado mágico, verá que as coisas mais simples são lindas! Como um colo de primo, uma meia minúscula, uma conversa silenciosa da mãe e o seu bebê.












segunda-feira, 18 de março de 2013

Flinpo - pequeno objeto (Diário da Mirys)

Ele adora colecionar penas. Ela "entrou na dele".
Eu não sei bem o motivo, nem qual o futuro de tal coleção, mas uma pequena pena azul, perdida num banco de parquinho infantil amarelo não passaria despercebida por esses exploradores! Meu papel de mãe é registrar os novos itens colecionáveis, caso alguma criança os esqueçam, em algum lugar...



Esta foto participa do Desafio Flinpo de Fotografia, no tema "pequeno objecto".

sábado, 16 de março de 2013

Flinpo - movimento (Diário da Mirys)

Ou a mãozinha é pequena demais pra conter a gota... ou ela tem desejos próprios!



A Páscoa já está na esquina!!! (Diário do Guigo)

Tudo bem, tuuuuuuudooooooo bem que o verdadeiro significado da Páscoa não é um coelho ou ovo ou chocolate. Porque eu já sei que coelhos não botam ovos e que nenhum animal põe ovos de chocolate! Claro! Então, tudo isso é uma invenção beeeem criativa de alguém, né?

Mas, vamos combinar: tem coisa mais gostosa do que presentear e receber presentes??? Principalmente se for algo especial, feito pelas próprias mãos de quem dá o presente??? (clique aqui pra ver o presente que nós fizemos pras professoras, no ano passado)

Por isso, a minha mãe já colocou a cabeça pra funcionar (e os dedinhos pra procurar na web), pra bolar coisas bem lindas e legais, de Páscoa, pra gente. Pra gente presentear os amigos. Pra gente fazer feliz a professora. Pra gente espalhar carinho por aí.



(já imaginou fazer brigadeiros de colher assim? Super legal, né? Daqui)


(daqui)

(tia Yayá, essa ideia é a sua cara!)

(daqui)

PS: não salvamos todos os links de todas as ideias, mas são 100% de blogs estrangeiros. Se, por acaso, você souber de onde vem uma dessas imagens, por favor, nos avise, para que possamos colocar os créditos.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Para Ly Mello.... com amor

Para a querida Ly (Ly Mello - Design my Life) e seu marido fantástico... que perderam seu caçula. Para os lindos irmãos mais velhos. Para seus pais, tios, avós, primos, sua família linda. Para a querida Mari (Mari Hart Dore - Diário de uma mãe polvo), que viu seu afilhadinho ir embora...



Amo vocês!
Mirys

quinta-feira, 14 de março de 2013

Como medir o tempo com crianças pequenas? (Diário do Guigo)



Se você tem crianças pequenas por perto de você, já deve ter ouvido frases do tipo "amanhã, eu fui..." ou "ontem, eu vou comprar...". Porque criança que é criança (ou seja: curiosa, principiante na vida e nas palavras, falante, agitada, empolgada, etc e tal) adora usar uma palavra nova, super chique, do tipo "amanhã", sem saber direito como usar! Porque falar "amanhã" é lindo, não é? Deixa a frase mais importante!...

Mas criança que é criança pequena NÃO SABE muito bem como medir o tempo. Não sabe, direitinho, o que quer dizer "ontem" ou "depois de amanhã" ou "daqui uma semana" ou "quinta-feira". A gente demora um pouquinho pra aprender certas coisas...

Só que nós, gente pequena, somos curioooooooooooooosos e perguntadores.
"Mamãe, quando é a festa do meu amiguinho?"
"Mamãe, quando nós vamos viajar?"
"Mamãe, quando vai ser o meu aniversário?"

Não adiantava: a resposta que viesse ("sábado", "daqui 3 dias", "depois de amanhã") a gente não entendia. "Mas mamãe.... QUANDO é sábado???"

E, numa bela noite, na hora de dormir, a mamãe teve uma ideia. Vamos contar! Sim!!! Porque a gente podia não saber os dias da semana, mas nós sabíamos contar!

"Mamãe, quando nós vamos na vovó?"
"Domingo, filhote. Daqui dois dias."
"Mas mamãe... falta muito tempo pro domingo?"
"Não filhote. É só você dormir e acordar, duas vezes. Assim ó: dormir e acordar, dormir e acordar, e PRONTO! Já chegou o domingo e nós já vamos na vovó, está bem?"

PS da mamãe: durante muuuuuuuuuuito tempo, o tempo aqui em casa foi medido assim - em quantas vezes teríamos que dormir e acordar até chegar alguma data especial ou um evento super esperado. Infelizmente, os pequenos cresceram e já entendem os dias da semana. Ainda bem que, agora, tem mais um membro pequeno na minha família e eu voltei a ouvir "amanhã, eu fui em tal lugar, sabia?". Ah, que delícia! Já estava com saudades!!!

quarta-feira, 13 de março de 2013

Quem disse??? (Diário do Guigo)

Tudo bem... tudo bem... tudo bem... eu concordo!!! Eu sou muito mais de exercitar a mente do que o corpo. Prefiro um livro a uma caminhada no parque. Prefiro um jogo de xadrez a um jogo de basquete. Adoooooro futebol - no video game! Na escola, geralmente, fico no gol: não tenho que correr, não tenho que disputar a bola no meio do campo, não tenho que me exercitar demais. Acabei ficando bom no gol. ;)

Só que a gente estava num acampamento e a minha mãe é a pessoa mais empolgada do mundo (pra qualquer coisa). "Galera! Vocês não vão acreditar!!!! Sabem o que vai ter, agora, à tarde???? Sabem???? É uma coisa incrível!!!! Futebol DE SABÃO!!!! Vamos lá!!!!!" E ela empolga tanto, prepara a gente, pega pela mão e leva, que não tem como não entrar na brincadeira!



"Mas mãe... tá chovendo..."
"Então, não é INCRÍVEL???? Vai ficar ainda mais divertido!!!!!"



A empolgação foi tanta que até a Nina foi jogar! Se bem que... ela tomou uma bolada no rosto, tadinha, e só jogou uma vez (não quis mais). Ficou só na torcida.



No começo, eu fiquei (claro!) no gol. Defendi bolas, lancei, e tudo o mais, mas não me joguei no sabão e sai escorregando e rindo, como as outras crianças. E, na 3a partida, me deixaram ir pra linha! A mamãe e a Nina incentivaram, vibraram, torceram, observaram...







e eu fiz DOIS gols!!!! Os dois gols do nosso time foram meus!!!!!! Quem disse que eu não era bom no futebol, heim? Há!